Alimentos - Ed. 2020

10. Comportamento Desleal do Alimentante

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

10.1.Sanção pelo atraso

A L 5.478 19 permite que o juiz tome todas as providências necessárias para que seja satisfeita a obrigação de prestar os alimentos fixados ou majorados, inclusive decretando a prisão do alimentante devedor por até 60 dias.

O inadimplemento pode ser comprovado de muitas maneiras, até mesmo por interpelação (notificação, citação e protesto).

Com relação aos elementos fáticos que incitam a prisão por alimentos, muitos envolvem não pagamento total da dívida, pagamento somente parcial e não comprovação de dificuldades financeiras que justifiquem o inadimplemento.

Ainda neste tópico, uma exigência objetiva e mais restrita diz respeito ao não pagamento das três últimas prestações alimentícias no momento do ajuizamento da ação, entendimento esse aplicado pelo STJ e seguido pelos demais Tribunais.

Prole em outras famílias é um requisito inconstante, porque em alguns casos serve para justificar a incapacidade do devedor em pagar o débito alimentar; em outros, é descartado como justificativa para tal inadimplemento. Idade e doença grave também são...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
29 de Novembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1153074175/10-comportamento-desleal-do-alimentante-alimentos-ed-2020