Direito do Trabalho, Tecnologia, Fraternidade e OIT - Ed. 2020

105. Redes Sociais: Até Onde Vai a Liberdade de Expressão do Empregado

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Autor:

CÉLIO PEREIRA OLIVEIRA NETO

Advogado, Doutor, Mestre e Especialista em Direito do Trabalho pela PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Professor nos cursos de Pós-Graduação da Ematra IX – Escola da Magistratura do Trabalho da Nona Região, PUC/PR – Pontifícia Universidade Católica do Paraná; Universidade Positivo, Academia Brasileira de Direito Constitucional e Instituto Superior de Administração e Economia - ISAE/FGV; Membro do Instituto Brasileiro de Direito Social Cesarino Júnior (IBDSCJ); Membro da Comunidad para la Investigación y el Estudio Laboral y Ocupacional; Membro do Conselho de Relações do Trabalho da Associação Comercial do Paraná; Membro do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH/PR); Vice-Presidente do Comitê da Agenda 2030 do Instituto dos Advogados Brasileiros - IAB, Presidente do Instituto Mundo do Trabalho; Sócio fundador Célio Neto Advogados.

1

Em meio à Sociedade da Informação, a existência passa a ser um espetáculo, a ser apresentado em cada momento nas redes sociais. O alimento passa a ser a informação e a participação em todas as discussões. A falta de conexão gera angústia; o prato de comida, pois, convive e é substituído por um aparelho móvel que tem o enganoso propósito de alimentar a alma.

Se no passado, a liberdade de pensamento era expressada de modo a alcançar um número muito menor de pessoas; na sociedade da informação, os meios tecnológicos, mormente a internet, permitem o alcance de uma quantidade inimaginável de pessoas, o que já faz refletir sobre os cuidados a serem tomados no exercício desse direito.

O post em rede toma proporção que não pode ser comparada ao mero comentário entre amigos, mas ganha o mundo, com potencial de ferir sentimentos e denegrir o bom ambiente de trabalho.

A interação no espaço virtual é instantânea, em tempo real, não conhece limites de fronteira. Quando se está na rede, se está no globo, e as postagens nas redes sociais 2 fogem ao controle de quem a veicula.

Os dados do setor 3 são crescentes, e atingem números impensáveis há uma década atrás. Para se ter uma ideia da dimensão, se o Facebook fosse um país seria o terceiro mais populoso do Mundo. Já se somados os...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
7 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1153087056/105-redes-sociais-ate-onde-vai-a-liberdade-de-expressao-do-empregado-direito-do-trabalho-tecnologia-fraternidade-e-oit-ed-2020