Revista de Direito do Trabalho - 214 - 12/2020

Revista de Direito do Trabalho - 214 - 12/2020

Revista de Direito do Trabalho - 214 - 12/2020

Revista de Direito do Trabalho - 214 - 12/2020

Ensaio Sobre Um Direito Processual do Trabalho na Perspectiva do Direito dos Desastres

Ensaio Sobre Um Direito Processual do Trabalho na Perspectiva do Direito dos Desastres

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Autores:

VITOR SALINO DE MOURA ECA

Pós-Doutorado em Direito Processual Comparado pela Universidad Castilla-La Mancha, na Espanha. Pós-Doutorado em Direito Processual Internacional na Universidad de Talca – Chile. Juiz do Trabalho no TRT da 3ª Região. Professor Adjunto IV da PUC Minas (CAPES 6) do programa de Mestrado e Doutorado em Direito, na área de Direito Processual, onde é Líder do Grupo de Pesquisa Direito Processual Comparado. Professor Visitante em diversas universidades nacionais e estrangeiras. Professor Conferencista na ENFAM e na ENAMAT. Pesquisador do Centro Europeo y Latinoamericano para el Diálogo Social (CELDS), España, e do Centro de Estudios de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social (CENTRASS), Chile. Membro efetivo, entre outras, das seguintes sociedades: Academia Brasileira de Direito da Seguridade Social (ABDSS); Academia Brasileira de Direito do Trabalho (ABDT); Associação Brasileira de Direito Processual – ABDPro; Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP); Asociación Iberoamericana de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social (AIDTSS) e da Societé Internationale de Droit du Travail et de la Sécurité Sociale. profvitorsalino@gmail.com

BRUNO GOMES BORGES DA FONSECA

Pós-Doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Pós-Doutorado em Direito pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Doutor e Mestre em Direitos e Garantias Fundamentais pela Faculdade de Direito de Vitória (FDV). Procurador do Trabalho na 17ª Região. Professor da Graduação e da Pós-Graduação da FDV. Professor Colaborador do Programa de Mestrado Profissional em Gestão Pública da UFES. bgbfonseca@yahoo.com.br

Sumário:

Área do Direito: Processual; Trabalho

Resumo:

Este artigo promoveu, a partir do ordenamento jurídico brasileiro, uma aproximação entre o direito processual do trabalho e o direito dos desastres. Os desastres tendem a atingir grupos vulneráveis, e os trabalhadores são um alvo potencial, como vem acontecendo com os efeitos da pandemia gerada pelo vírus Sars-CoV-2 (coronavírus). A partir do método dialético, a pesquisa concluiu, a título de ensaio, que existe uma relação bastante produtiva entre os direitos dos desastres e o direito processual do trabalho, capaz de introduzir neste último ramo jurídico novas questões e desafios.

Abstract:

This article promoted, from the Brazilian legal system, an approximation between labor procedural law and disaster law. Disasters tend to hit vulnerable groups, and workers are a potential target, as are the effects of the pandemic generated by the Sars-CoV-2 virus (coronavirus). Based on the dialectical method, the research concluded, as an essay, that there is a very productive relationship between the disaster law and the labor procedural law, capable of introducing new issues and challenges in the latter legal branch.

Palavras-Chave: Pandemia – Coronavírus – Processo – Estado Democrático de Direito

Keywords: Pandemic – Coronavirus – Process – Democratic rule of law

Introdução

Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou estado de pandemia em razão do novo coronavírus (SARS-COV-2). 1 A Portaria 188/2020 do Ministro da Saúde, no Brasil, declarou emergência em saúde pública de importância Nacional. 2 A Lei 13.979/2020 3 dispôs sobre as medidas gerais para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus.

A par desse cenário epidêmico, a partir do ordenamento jurídico brasileiro, parece oportuno promover uma aproximação entre dois ramos jurídicos aparentemente muito afastados: o direito processual do trabalho e o direito dos desastres.

Consequentemente, esta pesquisa pretende responder ao seguinte problema: qual a relação dos desastres com o direito processual do trabalho.

O objetivo deste estudo é aproximar esses dois ramos jurídicos como uma inicial tentativa; uma proposta confessadamente ensaísta, talvez, capaz de impulsionar novas pesquisas em uma temática bastante nova.

Esta pesquisa se justifica, sobretudo, por duas razões. A primeira diz respeito ao momento de pandemia vivenciado em todo o mundo, cuja caracterização pode ser resumida na ocorrência de um desastre, o que facilita a visualização e a pertinência da aproximação entre o direito processual do trabalho e o direito dos desastres. A segunda é consubstanciada nos efeitos decorrentes dos desastres no processo laboral e nas instituições envoltas no sistema de Justiça Trabalhista (Justiça do Trabalho, Ministério Público do Trabalho (MPT) e Fiscalização do Trabalho etc.).

O método de desenvolvimento da pesquisa é o dialético, cujo teor, genuinamente, em linhas gerais, era enxergado como arte do diálogo; da discussão. Contudo, na modernidade, incorporou a acepção de compreensão da realidade, em movimento, como contraditória e em permanente transformação. 4 A dialética, como ação recíproca, em um processo inacabado e analisado conjuntamente, 5 permite analisar essa aproximação entre o direito processual do trabalho e o direito dos desastres.

Esta pesquisa adota a técnica de pesquisa documental indireta nas modalidades pesquisas documental e bibliográfica, ou seja, para a confecção deste estudo, analisa documentos públicos, estatísticas, fontes normativas e bibliografia tornada pública. 6

A primeira seção 7 , a título de apresentação, trata do direito dos desastres, enquanto que a segunda, à guisa de ensaio, aproxima essa teorização do direito processual do trabalho.

1. Tateando o direito dos desastres

Ulrich Beck apresenta uma triste constatação: o século XX foi rico em desastres: duas guerras mundiais, Auschwitz, Nagasaki, logo Harrisburg, Bhopal e Chernobyl. 8 O século XXI, infelizmente, vem mantendo o mesmo ritmo, com guerras (embora mais localizadas), crises econômicas, desemprego estrutural e inúmeros outros acontecimentos, aparentemente, tidos como naturais e inevitáveis.

O Brasil, malgrado o mito de um país isento de desastres, na realidade, é bastante rico nesses acontecimentos. Nos últimos anos, verificam-se crises econômicas (acompanhada de um desemprego estrutural) e políticas (com o impeachment e prisões e ex-presidentes); esquemas estruturados de corrupção (com ênfase …

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
4 de Julho de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1188257097/ensaio-sobre-um-direito-processual-do-trabalho-na-perspectiva-do-direito-dos-desastres-doutrinas-revista-de-direito-do-trabalho-214-12-2020