Direito Constitucional Brasileiro - Ed. 2019

Bibliografia

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

ABAMONTE, Giuseppe; LASCHENA, Renato. Giustizia amministrativa. Padova: Cedam, 1997 (Trattato di diritto amministrativo, v. XX, dir. Giuseppe Santaniello).

ABBOUD, Georges. Jurisdição constitucional e direitos fundamentais. São Paulo: Ed. RT, 2011.

ABBOUD, Georges. Processo constitucional brasileiro. São Paulo: Ed. RT, 2016; 2. ed. 2018.

ABBOUD, Georges; CARNIO, Henrique Garbellini. Direito subjetivo: conceito, teoria geral e aspectos constitucionais, Revista de Direito Privado 52, São Paulo: Ed. RT, 2012, p. 11-29.

ABBOUD, Georges; CARNIO, Henrique Garbellini; OLIVEIRA, Rafael Tomaz de. Introdução ao Direito: teoria, filosofia e sociologia do direito. 4. ed. São Paulo: Ed. RT, 2019.

ABBOUD, Georges; CARNIO, Henrique Garbellini; OLIVEIRA, Rafael Tomaz de. Introdução à teoria e à filosofia do direito. 3. ed. São Paulo: Ed. RT, 2015.

ABBOUD, Georges; NERY JUNIOR, Nelson. Pontes de Miranda e o processo civil: a importância do conceito da pretensão para compreensão dos institutos fundamentais do processo civil. Revista de Processo, v. 231, 2014, p. 89-110.

ABBOUD, Georges; OLIVEIRA, Rafael Tomaz de. O Supremo Tribunal Federal e a nova separação de poderes: entre a interpretação da Constituição e as modificações na engenharia constitucional. In: Revista de Processo, v. 233/2014, p. 423-451, ago. 2015.

ABBOUD, Georges; SCAVUZZI, Maira. Competência privativa da Câmara dos Deputados: uma abordagem a partir da teoria da tripartição de poderes. In: LEITE, Georges Salomão; STRECK, Lenio; NERY JUNIOR, Nelson (Coord.). Crise dos Poderes da República: judiciário, legislativo e executivo. São Paulo: Ed. RT, 2012.

ABELHA RODRIGUES, Marcelo. Suspensão de segurança (sustação da eficácia de decisão judicial proferida contra o Poder Público). 3. ed. São Paulo: Ed. RT, 2010; 2. ed., 2005.

ACHTERBERG, Norbert. Allgemeines Verwaltungsrecht: ein Lehrbuch. 2. ed. Heidelberg: C. F. Müller Juristischer Verlag, 1986.

ACKEL FILHO, Diomar. Writs constitucionais. São Paulo: Saraiva, 1988.

AGAMBEN, Giorgio. Estado de Exceção. São Paulo: Boitempo, 2004.

AGAMBEN, Giorgio. Stato di eccezione: Torino: Bollati Boringhieri, 2004.

AGUIAR, José Carlos Pestana de. Comentários ao Código de Processo Civil. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 1977. v. IV.

AGUILAR, López. Cultura y derecho. Las dimensiones constitucionalmente relevantes de la cultura. In: CALLEJÓN, Francisco Balaguer (Org.). Derecho Constitucional y Cultura: Estudios em homenaje a Peter Häberle. Madrid: Tecnos, 2004.

ALBERCA, José Manuel Serrano; ALCUBILLA, Enrique Arnaldo. Derecho a un proceso público sin dilaciones indebidas y con todas las garantías. In: FALLA, Fernando Garrido (Dir.). Comentarios a la Constitución. 3. ed. Madrid: Civitas, 2001.

ALCALÁ-ZAMORA Y CASTILLO, Niceto. La scuola processuale di São Paolo del Brasile. Riv.Trim.Dir.Proc.Civ. (1956), Milano, Giuffrè, pp. 864/869.

ALCALÁ-ZAMORA Y CASTILLO, Niceto; LEVENE HIJO, Ricardo. Derecho procesal penal. Buenos Aires: Guillermo Kraft, 1945. v. I.

ALESSI, Renato. La revoca degli atti amministrativi. 2. ed. Milano: Giuffrè, 1956.

ALESSI, Renato. Sistema istituzionale del diritto amministrativo italiano. 3. ed. Milano: Giuffrè, 1960.

ALEXY, Robert. Teoría de los derechos fundamentales. 2. ed. Madrid: Centro de Estudios Políticos y Constitucionales, 2012.

ALEXY, Robert. Teoría de los derechos fundamentales. 3.ª reimp. da 1.ª ed. (1993), Madrid: Centro de Estudios Políticos y Constitucionales, 2002.

ALEXY, Robert. Teoría del discurso y derechos humanos. Bogotá: Universidad Externado de Colômbia, 2001.

ALEXY, Robert. Theorie der Grundrechte. Baden-Baden: Nomos, 1994.

ALLORIO, Enrico. Natura della cosa giudicata. Problemi di diritto, v. 2 [Sulla dottrina della giurisdizione e del giudicato e altri studi]. Milano: Giuffrè, 1957.

ALMEIDA JUNIOR, João Mendes de. A uniformidade, a simplicidade e a economia do nosso processo forense. São Paulo: Siqueira & Nagel, 1915.

ALMEIDA, Candido Mendes de. A Carta Magna e a autonomia universitária. In: QUARESMA, Regina; OLIVEIRA, Maria Lúcia de Paula (Coord.). Direito Constitucional Brasileiro – Perspectivas e controvérsias contemporâneas. Rio de Janeiro: Forense, 2006.

ALMEIDA, Cândido Mendes de. Código Philippino ou Ordenações e leis do Reino de Portugal. 14. ed. São Paulo: Instituto Philomathico, 1870. v. I.

ALMEIDA, Joaquim Canuto Mendes de. O direito de defesa no inquérito policial, Revista Forense comemorativa – 100 anos (Direito processual penal), JARDIM, Afrânio Silva (Coord.). Rio de Janeiro: Forense, 2006, v. 7, n. 2.14, pp. 315/342.

ALMEIDA, José Mario Ferreira; MORAIS, Isaltino; PINTO, Ricardo L. Leite. Constituição da República Portuguesa anotada e comentada. Lisboa: Rei dos Livros, 1983.

ALMEIDAS, Fernanda Dias Menezes de. Comentários ao art. da CF. In: MENDES, Gilmar; SARLET, Ingo W.; CANOTILHO, J.J. Gomes; STRECK, Lenio (Coord.). Comentários à Constituição do Brasil. São Paulo: Saraiva/Almedina, 2013.

ALPA, Guido. La creatività della giurisprudenza. In: Diritto e Processo. Studi in memoria di Alessandro Giuliani. Napoli: Edizioni Scientifiche Italiane, 2001. t. I.

ALSINA, Hugo. Tratado teórico práctico de derecho procesal civil y comercial. 2. ed. Buenos Aires: Ediar, 1965. v. VIII.

AMARAL, Diogo Freitas do. A utilização do domínio público pelo particular. São Paulo: Juriscredi, 1972.

AMARAL, Diogo Freitas do. Curso de direito administrativo. 3. ed. Coimbra: Almedina, 2010. v. II.

AMARAL, Maria Lúcia. A Lei na história das ideais. Pequenos apontamentos. In: Estudos em homenagem ao Professor Doutor Diogo Freitas do Amaral. Coimbra: Almedina, 2010. n. I.

AMBOS, Kai. Processo penal europeu: preservação das garantias e direitos individuais (Princípios processuais e análise da Convenção Europeia de Direitos Humanos). Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008 (tradução, notas e comentários sob a perspectiva brasileira de Marcellus Polastri Lima).

AMERICANO, Jorge. Commentários ao Código do Processo Civil e Commercial do Estado de São Paulo. São Paulo: Saraiva, 1934. v. I.

AMERICANO, Jorge. Estudo theórico e prático da acção rescisória dos julgados no direito brasileiro. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 1936.

AMERICANO, Jorge. Estudo theórico e prático da acção rescisória dos julgados no direito brasileiro. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 1936. n. 40.

ANDOLINA, Italo; VIGNERA, Giuseppe. Il modelo costituzionale del processo civile italiano – Corso di lezioni, Torino: Giappichelli, 1990.

ANDRADE, José Carlos Vieira de. Os direitos fundamentais na Constituição Portuguesa de 1976. 3. ed. Coimbra: Almedina. Cap. VI. n. 2.

ANDRADE, Manuel da Costa. Sobre as proibições de prova em processo penal. Coimbra: Coimbra Ed., 1992.

ANDRÉ, Bruno Affonso de (coord). Decisões administrativas da Corregedoria Geral da Justiça do Estado de São Paulo – 1982/1983. São Paulo: Ed. RT, 1983.

ANDRIOLI, Virgilio. Sul preliminare di clausola compromissoria, Riv.Dir.Proc., v. I (1946), Parte II, Padova: Cedam, p. 89.

ANGELIS, Dante Barrios de. El juicio arbitral. Montevideo: Idea, 1956.

ANGELONE, Marco. Sentenze additive della Corte costituzionale e interpretazione adeguatrice. In: FEMIA, Pasquale (Org.). Interpretazione a fini applicativi e legittimità costituzionale. Napoli: Edizioni Scientifiche Italiane, 2006. n. 2.

ARAGÃO, Maria Alexandra de Sousa. O princípio do nível elevado de proteção e a renovação ecológica do direito do ambiente e dos resíduos. Coimbra: Almedina, 2006.

ARAGÃO, Maria Alexandra de Sousa. O Princípio do Poluidor Pagador. Coimbra: Coimbra Editora, 1997.

ARAGÃO, Paulo Cezar. Apelação (direito processual civil) (verbete). Digesto de processo. Rio de Janeiro: Forense, 1980. v. I.

ARAÚJO, Francisco Fernandes de. Princípio da proporcionalidade: significação e aplicação prática. Campinas: Copola, 2002.

ARAÚJO, Luiz Alberto David de. Direito constitucional. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 1999.

ARAÚJO, Luiz Alberto David de; NUNES JÚNIOR, Vidal Serrano. Curso de Direito Constitucional. 21. ed. São Paulo: Verbatim, 2017.

ARAÚJO, Luiz Alberto David; NUNES JUNIOR, Vidal Serrano. Curso de direito constitucional. 18. ed. São Paulo: Verbatim, 2014.

ARENS, Peter. Die Grundprinzipien des Zivilprozeßrechts. In: Gilles, Peter (org.). Humane Justiz. Kronberg: Athenäum, 1977.

ARIETA, Giovanni; DE SANTIS, Francesco; MONTESANO, Luigi. Corso base di diritto processuale civile. 3. ed. (aos cuidados de Giovanni Arieta e Francesco De Santis). Padova: Cedam, 2008.

ARISTÓTELES. Ética a Nicômacos. Trad. Mário da Gama Kury. 4. ed. Brasília: Ed. UNB, 2001.

ARIZA, Santiago Sastre. Hacia una teoria exigente de los derechos sociales. Revista de Estudios Políticos, n. 112, p. 253-270, abr.-jun. 2001, p. 257.

ARRUDA ALVIM NETTO, José Manoel de. A EC n. 45 e o instituto da repercussão geral. In: ARRUDA ALVIM WAMBIER, Teresa; WAMBIER, Luiz Rodrigues; GOMES JUNIOR, Luiz Manoel; FISCHER, Octávio Campos; FERREIRA, William Santos (Coords.). Reforma do Judiciário: primeiras reflexões sobre a Emenda Constitucional n. 45/2004. São Paulo: Ed. RT, 2005.

ARRUDA ALVIM NETTO, José Manoel de. Arguição de relevância no recurso extraordinário. São Paulo: Ed. RT, 1988.

ARRUDA ALVIM NETTO, José Manoel de. Código de Processo Civil comentado. São Paulo: Ed. RT, 1975. v. I; 1976, v. II; 1976, v. III; 1979, v. V; 1981, v. VI.

ARRUDA ALVIM NETTO, José Manoel de. Direito processual civil – Teoria geral do processo de conhecimento. São Paulo: Ed. RT, 1972. v. II.

ARRUDA ALVIM NETTO, José Manoel de. Manual de direito processual civil. 15. ed. São Paulo: Ed. RT, 2012; 7. ed., 2000; 8. ed., 2003. 2 v.

ARRUDA ALVIM NETTO, José Manoel de. Tratado de direito processual civil. São Paulo: Ed. RT, 1990. v. I.

ARRUDA ALVIM WAMBIER, Teresa. Interpretação da lei e de precedentes civil law e common law, RT, n. 893, 2010, p. 38-39.

ARRUDA ALVIM WAMBIER, Teresa; FUX, Luiz; NERY JUNIOR, Nelson (coord.). Processo e Constituição – Estudos em homenagem ao Professor José Carlos Barbosa Moreira. São Paulo: Ed. RT, 2006.

ARRUDA ALVIM WAMBIER, Teresa; MEDINA, José Miguel Garcia. O dogma da coisa julgada: hipóteses de relativização. São Paulo: Ed. RT, 2003.

ARRUDA ALVIM, Eduardo; THAMAY, Rennan Faria K.; GRANADO, Daniel Willian. Processo constitucional. São Paulo: Ed. RT, 2014.

ASSIS, Araken de. Duração razoável do processo e reformas da lei processual civil. In: FUX, Luiz; NERY JUNIOR, Nelson; ARRUDA ALVIM WAMBIER, Teresa (coord.). Processo e constituição – Estudos em homenagem ao Professor José Carlos Barbosa Moreira. São Paulo: Ed. RT, 2006.

ASSIS, Araken de. Eficácia da coisa julgada inconstitucional. In: NASCIMENTO, Carlos Valder do (coord.). Coisa julgada inconstitucional. 5. ed. Rio de Janeiro: América Jurídica, 2005. pp. 232/264; Revista Jurídica, v. 301, Porto Alegre, 2003.

ASSIS, Araken de. Eficácia da coisa julgada inconstitucional. In: Coisa julgada inconstitucional. 5. ed., obra coletiva. Rio de Janeiro: América Jurídica, 2005.

ASSIS, Araken de. Eficácia da coisa julgada inconstitucional. Revista Jurídica, v. 301. Porto Alegre: Livraria do advogado, 2010.

ASSIS, Araken de. Manual da execução. 17. ed. São Paulo: Ed. RT, 2015.

ASSIS, Araken de. Manual do processo de execução. 6. ed. São Paulo: Ed. RT, 2000; 8. ed., 2003.

ASSIS, Araken de. Manual dos recursos. 6. ed. São Paulo: Ed. RT, 2014.

ASSIS, Araken de. Recorribilidade das interlocutórias no mandado de segurança. RP 84/99.

ASSIS, Carlos Augusto de. A antecipação da tutela: à luz da garantia constitucional do devido processo legal. São Paulo: Malheiros, 2001.

ASSIS, Jacy de. Comentários ao Código de Processo Civil. Belo Horizonte-Rio de Janeiro: Forense, 1979. v. II, t. II.

ATALIBA, Geraldo. Ato coator. In: FERRAZ, Sérgio (org.). Cinquenta anos de mandado de segurança. Porto Alegre: Fabris, 1986.

ATTARDI, Aldo. L’interesse ad agire. Padova: Cedam, 1955.

ÁVILA, Humberto. Teoria dos princípios: da definição à aplicação dos princípios jurídicos. São Paulo: Malheiros, 2003.

AVOLIO, Luiz Francisco Torquato. Provas ilícitas (interceptações telefônicas e gravações clandestinas). 3. ed. São Paulo: Ed. RT, 2003.

AX, Dorothee. Prozeßstandschaft im Verfassungsbeschwerde-Verfahren. Baden-Baden: Nomos, 1994.

AZEVEDO, Luiz Henrique Cascelli. Comentário ao art. 51, III. In: CANOTILHO, J.J. Gomes; MENDES, Gilmar F.; SARLET, Ingo W.; STRECK, Lenio L. (Coords.). Comentários à Constituição do Brasil. p. 1049. São Paulo: Saraiva/Almedina, 2013.

BABEL, Gisela. Probleme der abstrakten Normenkontrolle. Berlin: Duncker & Humblot, 1965.

BACHOF, Otto. Normas constitucionais inconstitucionais? Trad. José Manuel M. Cardoso da Costa. Coimbra: Almedina, 1994.

BACHOF, Otto. Verfassungswidrige Verfassungsnormen? Tübingen: Mohr, 1951.

BADURA, Peter. Das Verwaltungsverfahren. In: ERICHSEN, Hans-Uwe; MARTENS, Wolfgang. Allgemeines Verwaltungsrecht. 7. ed. Berlin-New York: Walter de Gruyter, 1986.

BADURA, Peter. In: ISENSEE, Josef; KIRCHHOF, Paul (editores). Handbuch des Staatsrechts der Bundesrepublik Deutschland, v. VII (Normativität und Schutz der Verfassung. Internationale Beziehungen), 3. ed. Heidelberg: C.F.Müller Verlag, 1992, § 160, ns. 13/15, p. 63-65.

BADURA, Peter. Staatsrecht (Systematische Erläuterung des Grundgesetzes für die Bundesrepublik Deutschland). München: Beck, 1986.

BALEEIRO, Aliomar. Uma introdução à ciência das finanças. 14. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1984.

BALLON, Oskar J. Der Einfluß der Verfassung auf das Zivilprozeßrecht. ZZP 96, 1983.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Ato coator. In: FERRAZ, Sérgio (org.). Cinquenta anos de mandado de segurança. Porto Alegre: Fabris, 1986.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Curso de direito administrativo. 31. ed. São Paulo: Malheiros, 2014.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Desvio de poder. RDP 89, 1989.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Legalidade, motivo e motivação do ato administrativo. RDP 90, 1989.

BAPTISTA DA SILVA, Ovídio Araújo. Coisa julgada relativa? GenesisProc 30/790-800.

BAPTISTA DA SILVA, Ovídio Araújo. Curso de processo civil. 5. ed. São Paulo: Ed. RT, 2000, v. I; 4. ed., v. II; 3. ed., v. III.

BAPTISTA DA SILVA, Ovídio Araújo. Curso de processo civil. Porto Alegre: Fabris, 1987. v. I.

BARBI, Celso Agrícola. Comentários ao Código de Processo Civil. 13. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2008. v. I; 11. ed., 2002.

BARBI, Celso Agrícola. Do mandado de segurança. 11. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2008; 7. ed., 1993; 9. ed., 2000.

BARBI, Celso Agrícola. O atentado no processo civil. RF 181.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. A motivação das decisões judiciais como garantia inerente ao estado de direito. Temas de direito processual – 2.ª série. São Paulo: Saraiva, 1980.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Ainda e sempre a coisa julgada. Direito processual civil (ensaios e pareceres). Rio de Janeiro: Borsoi, 1971.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Comentários ao Código de Processo Civil. 17. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2013; 16. ed., 2011; 11. ed., 2003; 14. ed., 2008; 8. ed., 1999. v. V.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Considerações sobre a chamada “relativização” da coisa julgada material. RF 377/43.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Duelo e processo. Temas de direito processual – 8.ª série. São Paulo: Saraiva, 2004; RP 112/177-185.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Eficácia da sentença e autoridade da coisa julgada. Temas de direito processual – 3.ª série. São Paulo: Saraiva, 1984.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Juízo arbitral. Cláusula compromissória: efeitos. Temas de direito processual – 2.ª série. São Paulo: Saraiva, 1980.

BARBOSA...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
29 de Novembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1188259346/bibliografia-direito-constitucional-brasileiro-ed-2019