Técnicas de Negociação para Advogados - Edição 2017

Capítulo 11 - Os Interesses Distintos de Constituinte e Constituído

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Toda negociação legal, assim entendida a transação que envolve a necessária participação de um advogado, parte basicamente de quatro sistemas de relacionamento: cliente A – cliente B; advogado A – advogado B; advogado A – cliente A; advogado B – cliente B.

Cada um desses relacionamentos carrega em si uma gama própria de expectativas, perspectivas, informações e interesses.

O ingresso desse terceiro (o advogado) no relacionamento entre as partes pode ser uma bênção ou um desastre, dependendo de como agem entre si cliente/advogado e advogado/advogado.

Nos meios comerciais a presença do advogado é vista com grande antipatia por aqueles que entendem que esse profissional só atrapalha. Também é comum ver juízes barrando as manifestações de advogados em audiências de tentativa de conciliação, temerosos de que os patronos alimentem a discórdia entre as partes, em vez de auxiliar na conciliação.

Se pensarmos no elemento comunicação, tão importante, como vimos, para a eficiência do processo de negociação, veremos que o advogado pode desempenhar...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
2 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1196957430/capitulo-11-os-interesses-distintos-de-constituinte-e-constituido-tecnicas-de-negociacao-para-advogados-edicao-2017