Cárcere e Trabalho - Ed. 2020

Referências Bibliográficas

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

ADORNO, Sérgio. Discriminação racial e justiça criminal em São Paulo. In: Novos Estudos, São Paulo, nº 43, novembro de 1995.

ALBERGARIA, Jason. Das penas e da execução penal. Belo Horizonte: Del Rey Editora, 1992.

ALBORNOZ, Suzana. O que é trabalho. 4ª ed. São Paulo: Editora Brasiliense S.A., 1986.

ALVIM, Rui Carlos Machado. O trabalho penitenciário e os direitos sociais. São Paulo: Atlas, 1991.

AMARAL, Cláudio do Prado, UDE, Walter. Remição pelo lazer e cultura. Boletim do IBCCRIM, vol. 266, Jan/2015.

AMARAL, Cláudio do Prado. Trabalho e Cárcere. Trabalho & Educação , v. 26, n.1, p. 153-168, jan-abr 2017.

ANDRADE, Vera Regina P. de. Pelas mãos da criminologia: o controle penal para além da (des) ilusão. Rio de Janeiro: Revan, ICC, 2012.

ANTUNES, Ricardo (Org.). Riqueza e miséria do trabalho no Brasil II. São Paulo: Boitempo, 2013.

ANTUNES, Ricardo, PINTO, Geraldo Augusto. A fábrica da educação: da especialização taylorista à flexibilização toyotista. São Paulo: Cortez, 2017.

ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. 16ª ed. São Paulo: Cortez, 2015.

ANTUNES, Ricardo. O continente do labor. São Paulo: Boitempo, 2011.

ANTUNES, Ricardo. Sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2009.

ARENDT, Hannah. A condição humana. Trad.: Roberto Raposo. 13ª ed. rev. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2019.

ARNOLD, David, HARDIMAN, David (eds.). Subaltern studies VIII: essays in honour of Ranajit Guha. New Delhi: Oxford University Press, 1994, p. 148-184.

ARTIACH, Pilar Fernández. El trabajo de los internos em estabelecimentos penitenciairos. Valência, Espanha: Tirant lo Blanch, 2006.

BARATTA, Alessandro. Criminologia crítica e crítica do Direito Penal. (1999). Trad.: Juarez Cirino dos Santos. 6ª ed. Rio de Janeiro: Revan, 2011.

BARATTA, Alessandro. Ressocialização ou controle social: uma abordagem crítica da “reintegração social” do sentenciado. Universidade de Saarland, R.F.A. Alemanha Federal, 1990.

BARROS, Carmen Silvia de Moraes. A individualização da pena na execução penal. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001.

BATISTA, Nilo. Apontamentos para uma história da legislação penal brasileira. Rio de Janeiro: Revan, 2016.

BATISTA, Nilo. Introdução crítica ao Direito Penal brasileiro. 11ª ed. Rio de Janeiro: Revan, 2007.

BATISTA, Nilo. Punidos e mal pagos: violência, justiça, segurança pública e direitos humanos no Brasil de hoje. Rio de Janeiro: Revan, 1990.

BATISTA, Vera Malaguti. Introdução crítica à Criminologia brasileira. Rio de Janeiro: Revan, 2011.

BAUMAN, Zygmunt. Globalização: as consequências humanas. (1998). Trad.: Marcus Penchel. São Paulo: Zahar, 1999.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Trad.: Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BECCARIA, Cesare. Dos delitos e das penas. São Paulo: Martin Claret Ltda., 2000.

BECHARA, Ana Elisa Liberatore Silva. As mortes sem pena no Brasil: a difícil convergência entre direitos humanos, política criminal e segurança pública. In: SILVEIRA, Renato de Mello Jorge; GOMES, Mariângela Gama de Magalhães (org.). Estudos em homenagem a Ivette Senise Ferreira. São Paulo: LiberArs, 2015, pp. 61/75.

BECHARA, Ana Elisa Liberatore Silva. Discursos de emergência e política criminal: o futuro do Direito Penal brasileiro. Revista da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo v. 103 p. 411 - 436 jan./dez. 2008.

BECHARA, Ana Elisa Liberatore Silva; CACICEDO, Patrick. Sobre la situación carcelária en Brasil. Observaciones críticas. Revista General de Derecho Penal, v. 18, 2012.

BITENCOURT, Cezar Roberto. Falência da pena de prisão: causas e alternativas. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1993.

BITENCOURT, Cezar Roberto. Tratado de Direito Penal. 13ª ed. atualizada. São Paulo: Saraiva, 2008.

BRANT, Vinícius Caldeira. O trabalho encarcerado. Rio de Janeiro: Forense, 1994.

CACICEDO, Patrick. Pena e funcionalismo: uma análise crítica da prevenção geral positiva. Rio de Janeiro: Revan, 2017.

CALDEIRA, Teresa Pires do Rio. Cidade de muros: crime, segregação e cidadania em São Paulo. São Paulo: Editora 34/Edusp, 2000.

CAMARGO, Antonio Luis Chaves. Sistema de penas, dogmática jurídico-penal e política criminal. São Paulo: Cultural Paulista, 2002.

CAMUS, Albert. O mito de sísifo . Trad.: Ari Roitman e Paulina Watch. 10ª ed. Rio de Janeiro: BestBolso, 2018.

CANÊDO, Carlos, FONSECA, David S. (Org.). Ambivalência, contradição e volatilidade no sistema penal: leituras contemporâneas da sociologia da punição. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

CARDONE, Marly A. Trabalho: direito ou dever? Revista da Faculdade de Direito, Universidade De São Paulo, n.º 60, p. 246-286, 1968.

CARMO, Paulo Sérgio do. A ideologia do trabalho. São Paulo: Moderna, 2005.

CARMO, Paulo Sérgio...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
6 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1196998882/referencias-bibliograficas-carcere-e-trabalho-ed-2020