Doutrinas Essenciais - Novo Processo Civil

5. La Diferencia Entre Juez Conciliador, Mediator Y Componedor de Conflictos - Capítulo I - Mediação e Conciliação

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Autor:

HANNS PRÜTTING

Doctor en Derecho y Doctor Honiris Causa, Catedrático emérito de Derecho Procesal Civil y Derecho Civil de la Universidad de Colonia, Director del Instituto de Derecho Procesal de la Universidad de Colonia, Alemania, Institut für Verfahrens und Insolvenzrecht, Institut für Verfahrensrecht und Insolvenzrecht Container C1 1.OG (zwischen Hörsaal-/Seminargebäude und Universitätsbibliothek) Albertus Magnus Platz 50923 Köln, Alemania. h.pruetting@uni-koeln.de

Sumário:

Área do Direito: Civil

Resumo:

Por mais de 40 anos, os esforços estão em andamento em todo o mundo para integrar para o litígio perante os tribunais estaduais formas alternativas amigáveis de solução de controvérsias. Do ponto de vista japonês, isso não é um achado surpreendente. Uma visão geral sobre o juiz conciliador, mediador e conflito compositor mostra diferenças claras no estado e os detalhes dos diferentes procedimentos. Portanto, a distinção feita pelo legislador para distinguir entre esses papéis diferentes em suas respectivas posições jurídicas é nem uma "questão técnica" ou "nonsense", não menos tem a distinção meramente "semântica". Então você não pode dizer que a nova regulamentação legal houve qualquer limitação ou restrição da mediação judicial, mas sim razoavelmente regulada situações diferentes, com diferentes técnicas para cada caso em seus participantes.

Abstract:

For more than 40 years, efforts are being made throughout the world to integrate alternative forms of friendly dispute resolution into litigation before the state courts. From the Japanese point of view, this is not a surprising finding. An overview of the conciliatory judge, the mediator and the conflict maker shows clear differences in the status and details of the different procedures. Therefore, the distinction made by the legislator in distinguishing between these different roles in their respective legal positions is neither a “technical question” or “nonsense”, nor does the distinction have a mere “semantic character”. Therefore it can not be said that the new legal regulation has made some limitation or restriction of judicial mediation, but rather regulated different situations with techniques reasonably differentiated for each case according to their interveners.

Palavra Chave: Mediação - Conciliação - Regulação

Keywords: Mediation - Conciliation - Regulation

Revista de Processo • RePro 272/441-452 • Out./2017

1. Introducción

Durante más...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
1 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1197064834/5-la-diferencia-entre-juez-conciliador-mediator-y-componedor-de-conflictos-capitulo-i-mediacao-e-conciliacao-doutrinas-essenciais-novo-processo-civil