Clássicos Jurídicos - Ed. 2018

Capítulo I - Do Governo em Geral Livro III - Livro III

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Avisei o leitor que este capítulo deve ser lido pausadamente, e que eu não conheço a arte de ser claro para quem não quer ser atento.

Toda ação livre tem duas causas que concorrem para produzir uma moral, a saber, a vontade que determina o ato, a outra física, a saber, o poder que a executa. Quando caminho em direção a um objeto, é preciso, primeiramente, que eu queira ir lá; em segundo lugar, que meus pés me levem lá. O paralítico que queira correr, o homem ágil que não o queira, ambos permanecerão parados. O corpo político tem os mesmos móveis; distingue-se aí, igualmente, a força e a vontade, uma sob o nome de poder legislativo, a outra sob a denominação de poder executivo.1 Nada se faz ou se deve fazer sem o concurso de ambos.

Já vimos que o poder legislativo pertence ao povo e não pode pertencer senão a ele. É fácil ver o contrário, pelos princípios antes estabelecidos, que o poder executivo não pode pertencer à generalidade...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
1 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1197097506/capitulo-i-do-governo-em-geral-livro-iii-livro-iii-classicos-juridicos-ed-2018