Regularização Fundiária - Lei 13.465/2017

Prefácio

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Como se sabe, foi Aristóteles quem, por primeiro, destacou a relevância da amizade e da coesão tanto para a ordem da cidade (urbs) quanto para a do Estado (polis), enfim: para a construção de uma comunidade (koinonía). Não pode haver, entretanto, amor e coesão verdadeiros sem um sistema comum de crenças e de valores a que toda gente de boa vontade se disponha a conservar e defender, e cuja dissolução leva não apenas ao “caos arquitetônico” (Henry Morris), mas também à “desintegração política”.

Entende-se, pois, tal o assinalou com precisão um dos mais eméritos urbanistas do século XX, Patricio Randle, o motivo de na cidade da Baixa medieval integrar-se muito bem o binômio polis-urbs, vale dizer, a vida comunitária e a expressão …

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
21 de Maio de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1198070316/prefacio-regularizacao-fundiaria-lei-13465-2017