Lavagem de Dinheiro - Ed. 2019

Bibliografia

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

ABEL SOUTO, Miguel. Década y media de vertiginosa política criminal en la normativa penal española contra el blanqueo – Análisis de los tipos penales contra el blanqueo desde su incorporación al texto punitivo español en 1988 hasta la reforma de 2003. Revista de Derecho Penal, Procesal y Penitenciário. n. 20. vol. 2. p. 5-26. 2005.

________. El blanqueo de dinero en la normativa internacional: especial referencia a los aspectos penales. Santiago de Compostela: Universidad de Santiago de Compostela, 2002.

ACOSTA, Walter P. O processo penal. 21. ed. Rio de Janeiro: Ed. do Autor, 1991.

ALBUQUERQUE, Francisco Manoel Xavier de. Aspectos da conexão. Tese (Titular). Manaus: Faculdade de Direito do Amazonas, 1956.

ALFIERI, Mario. Giudice naturale. Digesto delle Discipline Penalistiche. Torino: Utet, 1991. vol. V.

ALMEIDA, Joaquim Canuto Mendes de. A contrariedade na instrução criminal. São Paulo: Saraiva, 1937.

ALMEIDA JÚNIOR, João Mendes. Direito judiciário brasileiro. 2. ed. Rio de Janeiro: Typographia Baptista de Souza, 1918.

________. O processo criminal brasileiro. 4. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1959. vol. II.

ALONSO GONZÁLEZ, Ana Belén. Coparticipación en el delito y “actos neutrales”. Donde fijar la línea divisória en la actuación del abogado? Actualidad Juridica Aranzadi, n. 843, p. 5. 2012.

ALTAVILLA, Enrico. Psicologia judiciária. 3. ed. Coimbra: Armênio Amado, 1982. vol. 2.

ALVARENGA, Aristides Junqueira. A competência criminal da Justiça Federal de primeira instância. São Paulo: Saraiva, 1978.

ALVES, Rogério Pacheco. O poder geral de cautela no processo penal. Revista dos Tribunais. vol. 799. São Paulo: Ed. RT, maio-2002.

AMBOS, Kai. Internacionalización del derecho penal. El ejemplo del “lavado de dinero”. Bogotá: Universidad Externado de Colombia, 2011.

ANDRIOLI, Virgilio. La precostituzione del giudice. Rivista Diritto Processuale, 1964.

ANTOLISEI, Francesco. Manuale di diritto penale. Parte Speciale I. 12. ed. Milano: Giuffrè, 1991.

ARÁN, Mercedes García e CONDE, Francisco Muñoz. Derecho penal. Parte General. 8. ed. Valencia: Tirant lo Blanch, 2010.

ARÁNGUEZ SANCHEZ, Carlos. El delito de blanqueo de capitales. Madrid: Marcial Pons, 2000.

ARAS, Vladimir. A investigação criminal na nova Lei de Lavagem de Dinheiro. Boletim IBCCrim, vol 20. n. 237, ago.-2012.

________. Lavagem de dinheiro e o conceito de organização criminosa na convenção de Palermo. Tributo a Afrânio Silva Jardim: escritos e estudos. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010.

________. Sistema nacional de combate à lavagem de dinheiro e de recuperação de ativos. Teresina, ano 12, n. 1+411. Disponível em: [ http://jus.com.br/revista/texto/9862 ]. Acesso em: 18.07.2012.

ARENHART, Sérgio Cruz e MARINONI, Luiz Guilherme. Prova. São Paulo: Ed. RT, 2009.

ARMELIN, Donaldo. Embargos de terceiro. Tese (Doutorado em Direito). São Paulo: PUC, 1980.

ASSIS, Araken de. Manual dos recursos. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2008.

________. Manual da Execução. 11 ed. São Pauo: Ed RT, 2007.

AZZALI, G. Diritto penale dell´offesa i riciclaggio. Rivista Italiana di Diritto i Procedura Penale, 1993.

BACIGALUPO, Enrique. Compliance y derecho penal. Buenos Aires: Hammurabi, 2012.

________. Estudios comparativos del derecho penal de los Estados Miembros de la Unión Europea sobre la represión del reciclaje o blanqueo de dinero ilícitamente obtenido. España en la Europa Comunitária: Balance de diez años , 1995.

BACIGALUPO, Silvina e BAJO, Miguel. Derecho penal econômico. 2. ed. Madrid: Editorial Universitaria Ramón Areces, 2010.

BADARÓ, Gustavo Henrique Righi Ivahy; BOTTINI, Pierpaolo Cruz. Lavagem de dinheiro: aspectos penais e processuais penais: comentários à Lei 9.613/1998 com as alterações da Lei 12.683/2012. São Paulo: Ed. RT, 2012.

________. Correlação entre acusação e sentença. 4. ed. São Paulo: Ed. RT, 2019.

________. Juiz natural no processo penal. São Paulo: Ed. RT, 2014.

________. Medidas cautelares alternativas à prisão preventiva – Comentários aos artigos 319-350 do CPP, na redação da Lei 12.403/2011. In: FERNANDES, Og (coord.). Medidas cautelares no processo penal: comentários à Lei 12.403, de 04.05.2011. São Paulo: Ed. RT, 2011.

________. Ônus da prova no processo penal. São Paulo: Ed. RT, 2003.

________. _O valor probatório da delação premiada: sobre o § 16 do art. da Lei nº 12.850/13. Revista Jurídica Consulex, v. 433, p. 26-29, 2015.

________. Processo penal. 6. ed. São Paulo: Ed. RT, 2018.

________. Tutela cautelar no processo penal e a restituição de coisa apreendida. Revista Brasileira de Ciências Criminais. vol. 59, São Paulo: Ed. RT, mar.-abr./2006.

BAJO FERNÁNDEZ, Miguel. El desatinado delito de blanqueo de capitales. In: Bajo Fernández, Miguel; Bacigalupo, Silvina (org.). Política criminal y blanqueo de capitales. Madrid: Marcial Pons, 2009.

________; BACIGALUPO, Silvina (org.). Las medidas administrativas y penales para la prevención del blanqueo de capitales. Política criminal y blanqueo de capitales. Madrid: Marcial Pons, 2009.

BALTAZAR JÚNIOR, José Paulo. Standards probatórios no processo penal. Revista AJUFERGS. Porto Alegre, n. 4, nov./2007.

BARBI, Celso Agrícola. Comentários ao Código de Processo Civil. Rio de Janeiro: Forense, 1975. vol. I, t. II.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Limites objetivos da coisa julgada no sistema do novo Código de Processo Civil. Temas de Direito Processual – primeira série. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 1988.

________. Questões prejudiciais e a coisa julgada. Rio de Janeiro: Borsoi, 1967.

________. Questões prejudiciais e questões preliminares. Direito processual civil (ensaios e pareceres). Rio de Janeiro: Borsoi, 1971.

BARRETO, Irineu Cabral. A Convenção Europeia dos Direitos do Homem anotada. 3. ed. Coimbra: Coimbra Editora, 2005.

BARROS, Hamilton de Moraes. Comentários ao Código de Processo Civil. Rio de Janeiro: Forense, v. IX, 1977.

BARROS, Marco Antonio de; e CONTE, Christiany Pegorari. Antilavagem de dinheiro: ensaio sobre uma cultura em formação. Revista da Escola Superior da Magistratura do Estado de Santa Catarina, vol. 13, n. 19, p. 427-457.

________. Lavagem de capitais e obrigações civis correlatas. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2007.

________. Lavagem de dinheiro e o princípio da anterioridade. Boletim IBCCrim, vol. 9, São Paulo, p. 10.

________. O contra-senso que emana das sanções pecuniárias previstas na Lei dos Crimes de Lavagem. Justitia, n. 61. São Paulo. p. 78-89. jan.-dez./1999.

________. Lavagem de capitais e obrigações civis correlatas. São Paulo: Ed. RT, 2007.

BARROS, Romeu Pires de Campos. Processo penal cautelar. Rio de Janeiro: Forense, 1982.

BASSIOUNI, M. Cherif. Mecanismos internacionales de control de las ganancias procedentes de actividades ilícitas. Revista de Derecho Penal y Criminología. n. 6, p. 53-136. 1996.

BATISTA, Nilo. Concurso de agentes. 4. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008.

BECHARA, Ana Elisa Liberatore Silva. Da teoria do bem jurídico como critério de legitimidade do direito penal. Tese de livre docência não publicada. São Paulo, 2010.

BEDÊ JÚNIOR, Américo e SENNA, Gustavo. Princípios do processo penal – Entre o garantismo e a efetividade da sanção. São Paulo: Ed. RT, 2009.

BELLOQUE, Juliana Garcia. Sigilo bancário: análise crítica da LC 105/2001. São Paulo: Ed. RT, 2003.

BENTO DE FARIA, Antonio. Código de Processo Penal. 2. ed. Rio de Janeiro: Record, 1960. vols. I e II.

BETTI, Francisco de Assis. O sigilo bancário e a nova lei que define o crime de “lavagem de dinheiro”. Aspectos tributários e penais. Revista da Associação dos Juízes Federais do Brasil, ano 18, n. 60, jan.-mar./1999.

BETTIOL, Giuseppe. Direito penal. São Paulo: Ed. RT, 1971. vol. 2.

BEVILÁQUA, Clóvis. Código Civil comentado. 11. ed. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1956. vol. I.

BIELLI, Daniele. Competenza per connessione. Milano: Giuffrè, 1985.

BITENCOURT, Cezar Roberto. Tratado de direito penal. Parte geral. 16. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

________. Tratado de direito penal. Parte 5. 16. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

BIANCHI, Eliza. Criminal compliance sob a ótica do estudo do risco. Disponível em: [ http://jus.com.br/revista/texto/18901/criminal-compliance-sobaotica-do-estudo-do-risco ].

BLANCO CORDERO, Isidoro. Eficacia del sistema de prevención del blanqueo de capitales. Eguzkilore. Cuaderno del Instituto Vasco de Criminologia. San Sebastian, n. 23,

p. 117-138, 2009.

________. El delito de blanqueo de capitales. Cizur Menor: Thomson Reuters, 2012.

________. Acciones socialmente adecuadas y el delito de blanqueo de capitales. Anuario de Derecho Penal y Ciencias Penales, 1997.

________. El delito de blanqueo de capitales. 2. ed. Navarra: Arazandi, 2002.

________. El delito de blanqueo de capitales. 3. ed. Navarra: Arazandi, 2012.

BLAU, Charles W. The United States bank secrecy act: a federal tool in the prosecution of financial crimes. Tokyo, 1984.

__________. The right to financial privacy and the criminal referral process: a conflict in terms and purpose of the money laundering statutes. University Press, 2004.

BONFIM, Edilson Mougenot; BONFIM, Marcia Monassi Mougenot. Lavagem de dinheiro. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2008.

BOTTINI, Pierpaolo Cruz. Crimes de perigo abstrato. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2010.

________. O princípio da proporcionalidade na produção legislativa brasileira e seu controle judicial. Revista Brasileira de Ciências Criminais. vol. 85. São Paulo: Ed. RT, jul.-ago./2010.

________; OLIVEIRA, Ana Carolina Carlos de; PAPA, Douglas Ibarra; RIBEIRO, Thaísa Bernhardt. O princípio da insignificância nos crimes contra o patrimônio e contra a ordem econômica: análise das decisões do Supremo Tribunal Federal. In: OLIVEIRA, Fabiana Luci (org.). Justiça em foco – Estudos empíricos. Rio de Janeiro: FGV, 2012.

________. Do tratamento penal da ingerência. Tese (Livre-docente). Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

________. Lavagem de dinheiro na APn 470 (parecer). RBCCRIM 110, ano 22, vol. 110, set.-out./2014.

________. Prevenção à lavagem de dinheiro: novas perspectivas sob o prisma da lei e da jurisprudência. Revista de Direito Bancário e do Mercado de Capitais, vol. 18, n. 67. São Paulo, p. 163-195, jan.-mar./2015.

________. e ESTELLITA, Heloisa. Lei de lavagem dá nova dimensão ao crime tributário. Conjur. Disponível em: [www.conjur.com.br/2014-mar-25/direito-defesa-lei-lavagem-dimensao-crime-tributário ].

BOTTKE, Wilfried. Mercado, criminalidade organizada y blanqueo de dinero em Alemania. Revista Penal, n. 2, 1998.

BUJAN-PEREZ, Carlos Martinez. Derecho penal económico y de la empresa. Parte general. Valencia: Tirant lo Blanch, 2007.

BUONICORE, Bruno Tadeu. Criminal compliance como gestão de riscos empresariais. Boletim IBCCRIM 234, maio/2012.

BRANDÃO, Nuno. Branqueamento de capitais: o sistema comunitário de prevenção. Coimbra: Coimbra Editora, 2002.

BRUNO, Aníbal. Direito penal. 5. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1979.

CABANA, Patricia Faraldo. Los autores del delito de blanqueo de bienes en el Código Penal Español de 1995. Especial alusión a los provedores de bienes y/o servicios: el caso de los Abogados y Asesores Fiscales. Anuario de Derecho Penal y Ciencias Penales, vol. 59. Madrid.

________. Los profesionales del derecho ante el blanqueo de bienes, prevención del blanqueo y secreto profesional: el ejercicio de la profesión como conducta típica de blanqueo. Revista de Derecho y Proceso Penal, vol. 16, 2006.

CABETTE, Eduardo Luiz Santos; NAHUR, Marcius Tadeu Maciel. Criminal compliance e ética empresarial. Porto Alegre: Nuria Fabris, 2013.

CABIEDES, Eduardo Gutierrez de. La correlación entre acusación y sentencia. Estudios de derecho procesal. Pamplona: Ediciones Universidad de Navarra, 1974.

CALAMANDREI, Piero. Istituzioni di diritto processuale civile secondo il nuovo codice. Opere Giuridiche. Napoli: Morano, 1970. vol. IV.

________. Introduzione allo studio sistematico dei provvedimenti cautelari. In: Opere Giuridiche. Napoli: Morano, 1983. vol. IX.

CALLEGARI, André Luís. Erro de tipo no delito de lavagem de dinheiro. Revista Ibero-americana de Ciências Penais, ano 3, n. 5, jan.-abr./2002.

________. Lavagem de dinheiro. 2. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2008.

________. Lavagem de dinheiro e o problema da prova do delito prévio. Revista Direito e Democracia, n. 1, vol. 3.

________. Participação (punível?) de agentes financeiros no delito de lavagem de capitais. Revista Brasileira de Ciências Criminais, vol. 44. São Paulo: Ed. RT, jul./2003.

________. Problemas pontuais da Lei de Lavagem de Dinheiro. Revista Brasileira de Ciências Criminais, vol. 31. São Paulo: Ed. RT, jul.-set./2000.

________. Lavagem de dinheiro: aspectos penais da Lei n. 9.613/98. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2008.

CÂMARA LEAL, Antônio Luiz. Comentários ao Código de Processo Penal brasileiro. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1942. vol. 1 a 4.

CANDELORO, Ana Paula P.; RIZZO, Maria Balbina Martins de; PINHO, Vinicius. Compliance 360º. São Paulo: Trevisan, 2012.

CAPARRÓS, Eduardo Fabian. El delito de blanqueo de capitales. Madrid: Colex, 1998.

CARNEIRO, Athos Gusmão. Jurisdição e competência. 17. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

CARNELUTTI, Francesco. Cenni sull’imputazione penale. Rivista di Diritto Processuale, 1948.

CARPIO, Delgado. CARPIO, Juana. El delito de blanqueo de bienes en el nuevo código...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
7 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1198075889/bibliografia-lavagem-de-dinheiro-ed-2019