Manual de Ipi e Icms – Ed. 2020

XII. Distribuição de Mercadorias a Funcionários

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Regra geral, o momento da ocorrência do fato gerador do ICMS é a saída, a qualquer título, de mercadoria do estabelecimento de contribuinte. Assim, sempre que o contribuinte realizar saída de mercadoria de seu estabelecimento estará sujeito ao recolhimento do imposto incidente, bem como à emissão do respectivo documento fiscal, para documentar essa operação.

Como não poderia deixar de ser, na regra acima incluem-se as saídas de mercadorias do estabelecimento de contribuinte para distribuição aos seus funcionários.

Com relação à distribuição de mercadorias aos funcionários, o contribuinte deverá observar procedimento fiscal específico, relativamente ao cumprimento de obrigações acessórias, previsto na Portaria CAT 154/2008 e no Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto 45.490/2000.

Preliminarmente, convém frisar que esse procedimento fiscal estabelecido pela Portaria CAT 154/2008 não é facultativo, mas sim obrigatório ao contribuinte que realizar as referidas operações.

Posto isto, em suma, deverão adotar o procedimento fiscal constante na Portaria CAT 154/2008 os contribuintes que realizarem operações relacionadas com mercadorias que,...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
1 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1198086011/xii-distribuicao-de-mercadorias-a-funcionarios-manual-de-ipi-e-icms-ed-2020