Transação Extrajudicial na Administração Pública - Ed. 2019

Referências

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

ABREU, José Manuel Coutinho de. Sobre os regulamentos administrativos e o princípio da legalidade. Coimbra: Almedina, 1987.

ALESSI, Renato. Diritto amministrativo. Milano: Giuffrè, 1949.

ALESSI, Renato. Sistema istituzionale del diritto amministrativo italiano. Milano: Giuffrè, 1958.

ALESSI, Renato. L’imparzialità amministrativa. Padova: CEDAM, 1965.

ALESSI, Renato. Instituciones de derecho administrativo. Barcelona: Bosch, 1970.

ALLEGRETTI, Umberto. Amministrazione pubblica e costituzione. Milão: CEDAM, 1996.

ALLEGRETTI, Umberto. Basi giuridiche della democrazia partecipativa in Italia: alcuni orientamenti. Democrazia e diritto, Roma, n. 3, p. 151-166, 2006.

ALMEIDA, Fernando Dias Menezes de. Mecanismos de consenso no direito administrativo. In: ARAGÃO, Alexandre Santos de; MARQUES NETO, Floriano de Azevedo. Direito administrativo e seus novos paradigmas. Belo Horizonte: Fórum, 2008.

ALMEIDA, Fernando Dias Menezes de. Teoria do contrato administrativo: uma abordagem histórico-evolutiva com foco no Direito Brasileiro. 2010. Tese (Livre-Docência em Direito) – Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

ALMEIDA, Fernando Dias Menezes de. Contrato administrativo. São Paulo: Quartier Latin, 2012.

ALMEIDA, Mário Aroso de. Manual de processo administrativo. Coimbra: Almedina, 2015.

AMARAL, Antônio Carlos Cintra do. Validade e invalidade do ato administrativo. Revista Eletrônica de Direito do Estado, Salvador, n. 9, jan.-mar. 2007.

AMARAL, Diogo Freitas do. A evolução do direito administrativo em Portugal nos últimos dez anos. Revista da Faculdade de Direito, São Paulo, v. 80, p. 237-249, jan. 1985.

AMOROSINO, Sandro (Org.). Le trasformazioni del diritto amministrativo: scriti degli allievi per gli ottanta anni di Massimo Severo Giannini. Milano: Giuffrè, 1995.

ANDRIAS, Kate. The president’s enforcement power. NYU Law Review, New York, v. 88, n. 4, p. 102-200, out. 2013.

ARAGÃO, Alexandre Santos de; MARQUES NETO, Floriano de Azevedo (Org.). Direito administrativo e seus novos paradigmas. Belo Horizonte: Fórum, 2008.

ARAGÃO, Alexandre Santos de. Teoria das autolimitações administrativas: atos próprios, confiança legítima e contradição entre órgãos administrativos. Revista Eletrônica de Direito Administrativo Econômico, Salvador, n. 14, maio-jul. 2008.

ARAGÃO, Alexandre Santos de. Os fundamentos da responsabilidade civil do Estado. Revista Eletrônica de Direito do Estado, Salvador, n. 27, jul.-set. 2011.

ARAÚJO, Edmir Netto de. Curso de direito administrativo. São Paulo: Saraiva, 2010.

ARIÑO ORTIZ, Gaspar. Lecciones de administración y políticas públicas. Madrid: Iustel, 2013.

ASSO, Bernard; MONERA, Frédéric. Contentieux Administratif. Paris: Panorama du Droit, 2009.

ASSUNÇÃO, Matheus Carneiro. Transação em matéria tributária. Revista Fórum de Direito Tributário, Belo Horizonte, ano 9, n. 53, set.-out. 2011.

AUSTRÁLIA. Administrative Appeals Tribunal 2013-14 Report. Sidney: AAT, 2013.

AUSTRÁLIA. Administrative Appeals Tribunal Act 1975. Canberra: Commonwealth Consolidated Acts, 2013.

ÁVILA, Humberto Bergmann. Teoria dos princípios: da definição à aplicação dos princípios jurídicos. São Paulo: Malheiros Editores, 2005.

AYALA, Bernardo Diniz. Actividade contratual e negociações informais da administração: Dois modos comuns de actuação administrativa com oscilações na tutela jurisdicional do particular. FACULDADE de Direito da Universidade de Lisboa. Estudos em homenagem ao Prof. Doutor Sérvulo Correia. Coimbra: Coimbra Editora, 2010. v. II.

AZZARITI, Antonella. I principi generali in materia di affidamento dei contratti pubblici. 2007. Tese (Doutorado em Direito Público – Orient. Prof. Girolamo Sciullo) – Università degli Studi di Bologna, Bolonha. 2007.

BACELLAR FILHO, Romeu Felipe. Direito administrativo e o novo Código Civil. Belo Horizonte: Fórum. 2007.

BANDEIRA DE MELLO, Oswaldo Aranha. Princípios gerais de direito administrativo. Rio de Janeiro: Forense, 1969.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Discricionariedade e controle jurisdicional. São Paulo: Malheiros, 2007.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. A estabilidade dos atos administrativos e a segurança jurídica, boa-fé e confiança legítima ante os atos estatais. Grandes Temas de Direito Administrativo. São Paulo: Malheiros Editores, 2010.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Grandes temas de direito administrativo. São Paulo: Malheiros Editores, 2010.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Curso de direito administrativo. São Paulo: Malheiros Editores, 2014.

BAPTISTA, Patrícia. Transformações do direito administrativo. Rio de Janeiro: Renovar, 2003.

BARBOSA DE MELO, António. Introdução às formas de concertação social. Boletim da Faculdade de Direito, Coimbra, v. 60, p. 115, 1984.

BARROS, Henrique do Rego. Apontamentos sobre o contencioso administrativo e sobre os privilégios e prerrogativas da administração nos contractos e transacções que celebra como poder público. Rio de Janeiro: Laemmert, 1874.

BARROSO, Luís Roberto. Prefácio. In: SARMENTO, Daniel (Org.). Interesses públicos versus interesses privados: desconstruindo o princípio da supremacia do interesse público. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2007.

BARROSO, Luís Roberto. Curso de …

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
25 de Maio de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1198088813/referencias-transacao-extrajudicial-na-administracao-publica-ed-2019