Ato Administrativo, Consequencialismo e Compliance - Ed. 2019

Referências Bibliográficas

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Aguiar, Ubiratan Diniz de; Albuquerque, Marcio André Santos de; Medeiros, Paulo Henrique Ramos. A Administração Pública sob a perspectiva do controle externo. Belo Horizonte: Fórum, 2011.

Alessi, Renato. Principi di diritto amministrativo: i soggeti attivi e l’escplicazione della funzione amministrative. 4. ed. Milão: Giufrè Editore, 1978. vol.1.

Alexy, Robert. Teoria de los derechos fundamentales. Madrid: Centro de Estudos Constitucionales, 2003.

______. Conceito e validade do direito. Trad. Gercélia B. de Oliveira Mendes. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

______. Teoria da argumentação jurídica: a teoria do discurso racional como teoria da fundamentação jurídica. Trad. Zilda H. S. Silva. 2. ed. São Paulo. Landy, 2005.

Alfonso, Luciano Parejo. Derecho administrativo. Barcelona: Ariel, 2003.

Almeida, Mario Afonso de. Anulação de actos administrativos e relações jurídicas emergentes. Coimbra: Almedina, 2002.

Amaral, Diogo Freitas do. Curso de direito administrativo. 2. ed. Coimbra: Almedina, 1994. vol.1.

______. Curso de direito administrativo. 2. ed. Coimbra: Almedina, 2011. vol. 2.

Appio, Eduardo. Controle judicial das políticas públicas no Brasil. 2. tir. Curitiba: Juruá, 2006.

Aragão, Alexandre Santos de. Agências reguladoras e a evolução do direito administrativo econômico. Rio de Janeiro: Forense, 2002.

______. O princípio da proporcionalidade no direito econômico. Revista de Direito Administrativo. vol. 223. p. 199-230. Rio de Janeiro, jan.-mar. 2001.

Araújo, Fernando. Introdução à economia. 3. ed. Coimbra: Almedina, 2009.

Ataliba, Geraldo. República e Constituição. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2001.

Ávila, Humberto. Teoria dos princípios: da definição à aplicação dos princípios jurídicos. 12. ed. São Paulo: Malheiros, 2011.

Bacellar Filho, Romeu Felipe. Reflexões sobre direito administrativo. Belo Horizonte: Fórum, 2009.

______. Processo administrativo disciplinar. São Paulo: Max Limonad, 2003.

______. Direito administrativo. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

______. A noção jurídica de interesse público no direito administrativo brasileiro. In: hachem, Daniel W.; Bacellar Filho, Romeu Felipe (coords.). Direito administrativo e interesse público. Belo Horizonte: Fórum, 2010.

Bandeira de Mello, Celso Antônio. Discricionariedade e controle jurisdicional. 2. ed. 6. tir. São Paulo: Malheiros, 2003.

______. Curso de direito administrativo. 27. ed. Malheiros: São Paulo, 2010.

______. Pareceres de direito administrativo. São Paulo: Malheiros, 2011.

Bandeira de Mello, Oswaldo Aranha. Princípios gerais de direito administrativo. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1979. vol. 1.

______. Princípios gerais de direito administrativo. 3. ed. São Paulo: Malheiros, 2007. vol. 1.

Baptista, Patrícia. Transformações do direito administrativo. Renovar. Rio de Janeiro. 2003.

Baquer, Sebastián Martín-Retortillo. Fragmentos de derecho administrativo. Madri: Marcial Pons, 2000.

Barcellos, Ana Paula de. A eficácia jurídica dos princípios constitucionais. Rio de Janeiro: Renovar, 2002.

Barroso, Luís Roberto. Interpretação e aplicação da Constituição: fundamentos de uma dogmática constitucional transformadora. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2004.

______ (org.). A nova interpretação constitucional: ponderação, direitos fundamentais e relações privadas. 2. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2006.

______. O controle de constitucionalidade no direito brasileiro. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

____. O controle de constitucionalidade no direito brasileiro: exposição sistemática da doutrina e análise crítica da jurisprudência. 7. ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2016.

______. Temas de direito constitucional. Rio de Janeiro: Renovar, 2009. t. IV.

______. Constituição, democracia e supremacia judicial: direito e política no Brasil contemporâneo. Disponível em: [www.lrbarroso.com.br/pt/noticias/constituicao_democracia_e_supremacia_judicial_11032010.pdf]. Acesso em: 04.01.2012.

______. Curso de Direito Constitucional Contemporâneo. 4º Ed. Saraiva. São Paulo. 2013.

Bastos, Celso Ribeiro. Curso de direito administrativo. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 1999.

Bester, Gisela Maria. Direito constitucional: fundamentos teóricos. São Paulo: Manole, 2005. vol. 1.

Betti, Emilio. Interpretação da lei e dos atos jurídicos. Trad. Karina Jannini. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Bianchi, Alberto B. La regulación económica. Buenos Aires: Depalma, 2001. t. I.

Billier, Jean-Cassien; Maryioli, Aglaé. História da filosofia do direito. Trad. Maurício de Andrade. Barueri: Manole, 2005.

Bittencourt, Marcus Vinicius Corrêa. Manual de direito administrativo. Belo Horizonte: Fórum, 2005.

Bobbio, Norberto. Estado, governo, sociedade para uma teoria geral da política. 12. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

Bobbio, Norberto. Teoria geral do direito. Trad. Denise Agostinetti. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

Bobbio, Norberto; Matteuci, Nicola; Pasquino, Gianfranco. Dicionário de política. Coordenação de tradução João Ferreira. 5. ed. Brasília; São Paulo: UnB; Imprensa Oficial do Estado, 2000.

Bodin, Jean. Los seis libros de la Republica. 2. ed. Seleção, estudo preliminar e tradução de Pedro Bravo Gala. Madrid: Tecnos, 1992.

Bonavides, Paulo. Teoria da Constituição. Rio de Janeiro: Forense, 2003.

______. Teoria do Estado. 5. ed. São Paulo: Malheiros, 2004.

______. Curso de direito constitucional. 17. ed. São Paulo: Malheiros, 2005.

Borowski, Martin. La estructura de los derechos fundamentales. Trad. Carlos Bernal Pulido. Universidad Externado de Colombia, 2003.

Brasil. Constituição da Republica Federativa do Brasil, de 05 de outubro 1988. Disponível em: [www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituição/Constitui% C3%A7ao.htm]. Acesso em: 02.02.2012.

______. Lei 4.717, de 29 de junho de 1965. Regula a ação popular. Disponível em: [www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4717.htm]. Acesso em: 02.02.2012.

Breus, Thiago Lima. Políticas públicas no Estado constitucional: a problemática da concretização dos direitos fundamentais pela Administração Pública brasileira contemporânea. Belo Horizonte: Fórum, 2007.

Brito, Carlos Ayres. O regime constitucional dos tribunais de contas. In: Grau, Eros Roberto; Cunha, Sérgio Sérvulo da (coords.). Estudos de direito constitucional em homenagem a José Afonso da Silva. São Paulo: Malheiros, 2003.

Caetano, Marcello. Princípios fundamentais do direito administrativo. 10. ed. Coimbra: Almedina, 2003.

______. Tendências do direito administrativo europeu. Estudos de direito administrativo. Lisboa: Ática, 1974.

______. Manual de direito administrativo. 10. ed. Coimbra: Almedina, 1999. t. II.

Calmon de Passos, José Joaquim. Instrumentalidade do processo e devido processo legal. Revista Diálogo Jurídico. vol. 1. n. 1. Salvador, 2001. Disponível em: [www.direitopublico.com.br]. Acesso em: 08.09.2006.

CAMARÃO, Tatiana; ANDRADE, Ursina R. Souza. Lei anticorrupcao empresarial e a proibição de contratar com o governo. In: [ https://www.conjur.com.br/2019-mar-13/opiniao-lei-anticorrupcao-empresarial-impedimento-contratar #author]. Acesso em: 20.04.2019.

Canaris, Claus Wilhelm. Pensamento sistemático e conceito de sistema na ciência do direito. 3. ed. Trad. A. Menezes Cordeiro. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2002.

Canotilho, José Joaquim Gomes. Direito constitucional e teoria da Constituição. 7. ed. Coimbra: Almedina. 2003.

______; Moreira, Vital. Constituição da República Portuguesa anotada. Coimbra: Coimbra Ed., 1993.

Cappelletti, Mauro. Dimensioni della giustizia nelle società contemporanee. Bolonha: II Mulino, 1994.

Carvalho, Raquel Melo Urbano de. Curso de direito administrativo. 2. ed. Salvador: JusPodivm, 2009.

Casalta Nabais, José. O dever fundamental de pagar impostos. Coimbra: Almedina, 1998.

Caupers, João. Introdução ao direito administrativo. 10. ed. Lisboa: Âncora, 2009.

Cavalcanti, Themístocles Brandão. Tratado de direito administrativo. 3. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1955. vol. 1.

Chevallier, Jacques. O Estado pós-moderno. Trad. Marçal Justen Filho. Belo Horizonte: Fórum, 2009.

______; Loschak, Danièle. Science administrative. Paris: LGDJ, 1978. t. II.

Cintra, Antonio C. A.; GriKnover, Ada Pellegrini; Dinamarco, Cândido Rangel. Teoria geral do processo. 21. ed. São Paulo: Malheiros, 2005.

Clève, Clemerson Mèrlin. Fiscalização abstrata de constitucionalidade. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2000.

CLÈVE, Clèmerson Merlin . O desafio da efetividade dos direitos fundamentais sociais. Revista da Academia Brasileira de Direito Constitucional, v. 3, p. 289-300, 2003.

______. Atividade legislativa do poder executivo. 3....

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
3 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1199146280/referencias-bibliograficas-ato-administrativo-consequencialismo-e-compliance-ed-2019