Securitização de Recebíveis. Elementos Constitutivos no Direito Brasileiro - Ed. 2020

Prefácio

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

O termo “securitização” é um neologismo utilizado no Brasil, importado dos Estados Unidos da América, local de origem desse tipo de operação. Apesar de todo o tipo de descontentamento doutrinário com a falta de precisão do neologismo, a forte influência do mercado de capitais norte-americano fez com que ele se tornasse a regra. A consagração do termo se deu no Brasil por meio da Lei nº 9.514/97.

Conhecido como o “pai” da securitização, Lewis Ranieri foi o responsável pela criação do termo, em entrevista concedida para a coluna “Heard on the Street”, do Wall Street Journal 1 em 1977. Na época, Ranieri cunhou esse neologismo por falta de uma palavra que pudesse concatenar a estrutura da operação em que estava envolvido.

Do ponto de …

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
22 de Maio de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1201070519/prefacio-securitizacao-de-recebiveis-elementos-constitutivos-no-direito-brasileiro-ed-2020