Mitigação de Danos na Responsabilidade Civil - Ed. 2020

Bibliografia

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

ACHILLES, Alexander; SPAHN, Peter; GEBHARD, F. Albert. Protokolle der Kommission für die zweite Lesung des Entwurfs des bürgerlichen Gesetzbuchs, vol. 1: Allgemeiner Theil und Recht der Schuldverhältnisse Abschn. I, Abschn. II Tit. I. Berlin: Guttentag, 1897.

ADAR, Yehuda. Comparative negligence and mitigation of damages: two sister doctrines in search of reunion. Quinnipiac Law Review, vol. 31, p. 783-842, 2013.

AGARD, Marie-Annick. Ne t’aide pas, le ciel t’aidera quand même! RCA, ano 17, n. 1, p. 6-7, jan. 2004.

AGUIAR JÚNIOR, Ruy Rosado de. Extinção dos contratos por incumprimento do devedor. Rio de Janeiro: Aide, 2003.

______. Comentários ao novo código civil, vol. VI, t. II: da extinção do contrato (arts. 472 a 480). Rio de Janeiro: Forense, 2011.

ALMEIDA, Cleber Lúcio de. Responsabilidade civil do empregador e acidente do trabalho. Belo Horizonte: Del Rey, 2003.

ALVES, Jones Figueirêdo; DELGADO, Mário Luiz. Código civil anotado: inovações comentadas, artigo por artigo. São Paulo: Método, 2005.

ALVIM, Agostinho. Da inexecução das obrigações e suas consequências. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 1980.

AMARAL, Francisco. Direito civil: introdução. 7. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2008.

ANDRADE, Fábio Siebeneichler de; RUAS, Celiana Diehl. Mitigação de prejuízo no direito brasileiro: entre concretização do princípio da boa-fé e consequência dos pressupostos da responsabilidade contratual. Revista de direito civil contemporâneo. vol. 7. ano 3. p. 117-144. São Paulo: Ed. RT, abr.-jun. 2016.

ASSIS, Araken de. Comentários aos arts. 421 a 480. In: ALVIM, Arruda; ALVIM, Thereza (Coord.). Comentários ao código civil brasileiro, vol. 5: do direito das obrigações (arts. 421 a 578). Rio de Janeiro: Forense, 2007.

BAR, Carl Ludwig von. Die Lehre vom Kausalzusammenhang im Recht, besonders im Strafrecht. Reimpressão da edição: Leipzig, 1871. Aalen: Scientia, 1971.

BARBERO, Domenico. Sistema istituzionale del diritto privato italiano, vol. 2: obbligazioni e contratti, successioni per causa di morte. 2. ed. Torino: Unione Tipografico – Editrice Torinese, 1949.

______; LISERRE, Antonio; FLORIDIA, Giorgio. Il sistema del diritto privato. 2. ed. Torino: Utet, 1993.

BARBOSA, Rui. Obras completas de Rui Barbosa, vol. 24, t. 1: Parecer sôbre a redação do código civil. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde, 1949.

BARCELLONA, Mario. Inattuazione dello scambio e sviluppo capitalistico: formazione storica e funzione della disciplina del danno contrattuale. Milano: Giuffrè, 1980.

BDINE JR., Hamid Charaf. Arts. 233 a 420. In: Cezar Peluso (Coord.). Código Civil comentado. 8. ed. Bauru: Manole, 2014.

BEALE, H. G.. Chitty on Contracts. 32nd ed. London: Sweet & Maxwell, 2015.

BEVILAQUA, Clovis. Projecto do código civil brazileiro: trabalhos da câmara dos deputados, vol. I: projectos primitivo e revisto. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1902.

______. Código Civil dos Estados Unidos do Brasil comentado. Edição Histórica. Rio de Janeiro: Editora Rio, 1977.

BIANCA, Cesare Massimo. Dell’inadempimento delle obbligazioni: obbligazioni art. 1218-1229. GALGANO, Francesco (Org.). Commentario del Codice Civile Scialoja-Branca. 2. ed. Bologna: Nicola Zanichelli Editore; Roma: Foro Italiano, vol. 4, 1979.

BORGES, Roxana Cardoso Brasileiro. Disponibilidade dos direitos de personalidade e autonomia privada. São Paulo: Saraiva, 2005.

BORGHETTI, Jean-Sébastien; WHITTAKER, Simon. Introduction. In: Jean-Sébastien Borghetti; Simon Whittaker (ed.). French civil liability in comparative perspective. Oxford: Hart Publishing, 2019.

BOUCHARDET, Fernanda Capurucho Horta; SANTOS, Weliton Barbosa. Avaliação do dano corporal no âmbito civil e do trabalho. Belo Horizonte: Coopmed, 2015.

BRIDGE, Michael. Mitigation of damages in contract and the meaning of avoidable loss. Law Quarterly Review. vol. 105. p. 398-423. London: Stevens & Sons Limited, 1989.

BRIESKORN, Konstanze. Vertragshaftung und responsabilité contractuelle: ein Vergleich zwischen deutschem und französischem Recht mit Blick auf das Vertragsrecht in Europa. Tübingen: Mohr Siebeck, 2010.

BRINZ, Alois von. Lehrbuch der Pandekten, vol. 2, t. 1. 2. Aufl. Erlangen: Andreas Deichert, 1879.

BURROWS, Andrew. Remedies for Torts and Breach of Contract. 3rd ed. Oxford: Oxford University Press, 2004.

CAHALI, Yussef Said. Dano e indenização. São Paulo: RT, 1980.

______. Dano moral. 4. ed. São Paulo: RT, 2011.

CANARIS, Claus-Wilhelm. Systemdenken und Systembegriff in der Jurisprudenz: entwickelt am Beispiel des deutschen Privatrechts. 2. Aufl. Berlin: Duncker & Humblot, 1983.

CANNATA, Carlo Augusto. L’inadempimento delle obbligazioni. Milano: Cedam, 2008.

CARPES, Artur Thompsen. A prova do nexo de causalidade na responsabilidade civil. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2016.

CARVALHO, Beatriz Veiga. O “dever de mitigar danos” na responsabilidade civil contratual: a perspectiva do direito brasileiro. Dissertação (Mestrado em Direito) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014, 200 f.

CATTANEO, Giovanni. Concorso di colpa del danneggiato. In: Giovanna Visintini (Org.). Risarcimento del danno contrattuale ed extracontrattuale. Milano: Giuffrè, 1984.

CAVALIERI FILHO, Sergio. Programa de responsabilidade civil. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

CHARLIER, R.-E. Les effets de la hausse des prix dans la responsabilité civile et administrative. In: JCP G, 1947, I.

CHAZAL, Jean-Pascal. “L’ultra-indemnisation”: une réparation au delà des préjudices directs. D., n. 34, p. 2326-2330, 2003.

CHIRONI, Giampietro. La colpa nel diritto civile odierno, vol. 1: colpa contrattuale. Torino: Fratelli Bocca, 1897.

COHNFELDT, Richard. Die Lehre vom Interesse nach römischem Recht: mit Rücksicht auf neuere Gesetzgebung. Leipzig: Bernard Tauchnitz, 1865.

COMINO, Tomas Barros Martins. As desventuras do duty to mitigate the loss no Brasil: nascimento (e morte) de um brocardo. 2015. 113 f. Dissertação (Mestrado profissional em direito) – Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2015.

COPPA-ZUCCARI, Pasquale. La “compensazione delle colpe”. Modena: Società Tipografica Modenese, 1909.

CORDEIRO, António Manuel da Rocha e Menezes. Da boa fé no direito civil. 5. Reimp. Coimbra: Almedina, [1983] 2013.

______. Tratado de direito civil, vol. 1: introdução, fontes do direito, interpretação da lei, aplicação da lei no tempo, doutrina geral. 4. ed. Coimbra: Almedina, 2012.

______. Tratado de direito civil, vol. 2: parte geral: negócio jurídico. 4. ed. Coimbra: Almedina, 2014.

______. Tratado de direito civil português, vol. 1: parte geral, t. 4: exercício jurídico. Coimbra: Almedina, 2007.

______. Tratado de direito civil português, vol. 2: Direito das obrigações, t. 3: Gestão de negócios, enriquecimento sem causa, responsabilidade civil. Coimbra: Almedina, 2010.

______. Tratado de direito civil português, vol. 2: Direito das obrigações, t. 4: cumprimento e não cumprimento, transmissão modificação e extinção, garantias. Coimbra: Almedina, 2010.

COSTA, Mário Júlio de Almeida. Direito das obrigações. 11. ed. Coimbra: Almedina, 2008.

CRUZ, Gisela Sampaio da. O problema do nexo causal na responsabilidade civil. Rio de Janeiro: Renovar, 2005.

CUPIS, Adriano de. Il danno: teoria generale della responsabilità civile, vol. 1. 3. ed. Milano: Giuffrè, 1979.

DALLEGRAVE NETO, José Affonso. Responsabilidade civil no direito do trabalho. São Paulo: LTr, 2017.

DEMOGUE, René. Traité des obligations en général: sources des obligations, t. 4. Paris: Arthur Rousseau, 1924.

DEMOGUE, René. Traité des obligations en général: effets des obligations, t. 6. Paris : Librairie Arthur Rousseau, 1931.

DEMOLOMBE, Charles. Cours de Code Napoléon, vol. 24, t. 1: traité des contrats ou des obligations conventionnelles en général. Paris: Auguste Durand Libraire ; L. Hachette et Cia. Libraires, 1868.

DERNBURG, Heinrich. Pandekten, vol. 2: Obligationenrecht. Berlin: Müller, 1886.

______. Pandekten, vol. 2: Obligationenrecht. 6. Aufl. Berlin: Müller, 1900.

DETTE, Hans Walter. Venire contra factum proprium nulli conceditur: Zur Konkretisierung eines Rechtssprichworts. Berlin: Duncker & Humblot, 1985, 98 p.

DIAS, Daniel. O duty to mitigate the loss no Direito Civil brasileiro e o encargo de evitar o próprio dano. In: Gustavo Tepedino; Luiz Edson Fachin (Org.). Doutrinas Essenciais obrigações e contratos: contratos: princípios e limites. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2011, v. 3, p. 683-738.

______. O “princípio” da mitigação e o direito do trabalho: análise da (restrita) aplicabilidade da regra da irreparabilidade do dano evitável ao direito do trabalho brasileiro. In: PAMPLONA FILHO, Rodolfo; PINTO, José Augusto Rodrigues (Coord.). Principiologia: estudos em homenagem ao centenário de Luiz de Pinho Pedreira da Silva. São Paulo: LTr, 2016.

______. A irreparabilidade do dano evitável no direito civil brasileiro (parte 1). Consultor Jurídico (Conjur), São...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
24 de Janeiro de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1201072919/bibliografia-mitigacao-de-danos-na-responsabilidade-civil-ed-2020