Reforma Política e Eleições - Ed. 2018

Referências Bibliográficas

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Referências

ACEMOGLU, Daron; ROBINSON, James A. Why nations fail: the origins of power, prosperity, and poverty. New York: Crown Publishers, 2012.

ACKERMAN, Bruce. The new separation of powers. Harvard Law Review, v. 113, p. 633-729, jan. 2000.

ACKERMAN, Bruce. Good-bye, Montesquieu. In: ROSE-ACKERMAN, Susan; LINDSETH, Peter L. (Ed.). Comparative Administrative Law. Massachusetts: Edgar Elgar Publishing, 2010.

AFONSO, José Roberto Rodrigues; et al. Municípios, arrecadação e administração tributária: quebrando tabus. Revista do BNDES, Rio de Janeiro, v. 5. n. 10, p. 3-36, dez. 1999.

AJA, Eliseo. El Estado Autonómico: federalismo y hechos diferenciales. 2. ed. Madrid: Alianza, 2003.

ALVES BEZERRA, Marco Antonio. O Estado Federal e o Federalismo no Império. Porto Alegre: Biblioteca da Faculdade de Direito, UFRGS, [s.d.].

AMOROSO LIMA, Alceu. Indicações políticas. Da Revolução à Constituição. Rio de Janeiro, 1936.

ARAGÓN REYES, Manuel. Estudios de Derecho Constitucional. Madrid: Centro de Estudios Políticos y Constitucionales, 1998.

ARAÚJO, Joaquim Aurélio Barreto Nabuco de. Discursos parlamentares: 1879-1889. São Paulo: Instituto Progresso Editorial, 1949.

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. 10. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001.

ARVATE, Paulo R.; MATTOS, Enlinson H.; ROCHA, Fabiana. Flypaper effect revisited: Evidence for tax collection efficiency in Brazilian municipalities. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 41, n. 2, apr.-june 2011.

ASSIS BRASIL, Joaquim Francisco. Democracia representativa: do voto e do modo de votar. 3. ed. Paris: Guillard, Aillaud & Cia., 1895.

ATALIBA, Geraldo. Normas gerais de direito financeiro. Revista de Direito Público, p. 39-60, v.10, out.-dez. 1969.

ATALIBA, Geraldo. Iniciativa de lei complementar de normas gerais de direito tributário. Revista de Informação Legislativa, Brasília, v. 22, n. 85, p. 233-326, jan.-mar. 1985.

ÁVILA, Humberto. "Neoconstitucionalismo": entre a "ciência do direito" e o "direito da ciência". Revista Brasileira de Direito Público, Belo Horizonte, v. 6, n. 23, out.-dez. 2008.

BARACHO, José Alfredo de Oliveira. O princípio de subsidiariedade: conceito e evolução. Rio de Janeiro: Forense, 1996.

BARBOSA, Rui. Atos Inconstitucionais. Campinas: Russell Editores, 2003.

BOSCH, Jorge Tristan. Ensayo de interpretacion de la doctrina de la separacion de los poderes. Buenos Aires, 1944.

BREWER-CARÍAS, Allan R. Judicial Review in Comparative law. Cambridge: Cambridge University Press, 1989.

BREWER-CARÍAS, Allan R. El sistema mixto o integral de control de constitucionalidad en Colombia y Venezuela. Colômbia: Universidad Externado de Colombia. 1995.

BREWER-CARÍAS, Allan R. El sistema de justicia constitucional en la Constitución de 1999. Caracas: Editora Jurídica Venezolana, 2000.

BREWER-CARÍAS, Allan R. Judicial Review in Venezuela. Lecture given in Duquesne University School of Law, Pittsburgh, November 10, 2006. Disponível em: [ http://allanbrewercarias.net/Content/449725d9-f1cb-474b-8ab2-41efb849fea8/Content/II,%204,%20502.%20Judicial%20Review%20in%20Venezuela.%202006%20Duquesne%20Nov.%202006%20Revised%20version.pdf ]. Acesso em: 22.03.2011.

BROSSARD, Paulo. O Impeachment. 2. ed. ampl. e atual. São Paulo: Saraiva, 1992.

BURKI, Shahid Javed; PERRY, Guillermo. Beyond the Washington consensus: institutions matter. Washington: World Bank Publications, 1998.

CADART, Jacques. Institutions politiques et droit constitutionnel. 2. ed. Paris: LGDJ, 1980, 2. t.

CAETANO, Marcelo. Direito Constitucional. Rio de Janeiro: Forense, 1978, v. 2.

CALDEIRA, Jorge. Nem céu nem inferno: ensaios para uma visão renovada da história do Brasil. São Paulo: Três Estrelas, 2015.

CALÓGERAS, J. Pandiá. Formação Histórica do Brasil. 7. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1967.

CAPPELLETTI, Mauro. O Controle Judicial de Constitucionalidade das Leis no Direito Comparado. Porto Alegre: Fabris, 1984.

CARDOSO, Vicente Licínio. A Margem da História do Brasil. Livro Póstumo. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1933.

BREWER-CARÍAS, Allan R. Política e Letras. A Margem da História da República. 2. ed. Brasília: Editora da UnB, 1981. 2. t.

CAROTHERS, Thomas. The End of the Transition Paradigm. Journal of Democracy, v. 13, n. 1, p. 5-21, jan. 2002.

CARVALHO, José Murilo de. Os bestializados: o Rio de Janeiro e a república que não foi. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

CAVALCANTI, Themístocles Brandão. O Voto Distrital no Brasil. RJ: FGV, 1975.

CLÈVE, Clèmerson Merlin. A fiscalização abstrata de constitucionalidade no direito brasileiro. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1995.

COMANDUCCI, Paolo. Formas de (neo) constitucionalismo: un análisis metateórico. In: CARBONELL, Miguel (Ed.). Neoconstitucionalismo (s). 4. ed. Madrid: Editorial Trotta, 2009.

CORREA DE MELLO, José. A federação e o Império: uma análise da forma de Estado no Brasil-Império. Porto Alegre: Biblioteca da Faculdade de Direito, UFRGS, [s.d.].

CARVALHO, José Murilo de. D. Pedro II. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

CARVALHO, Olímpio Ferraz de. Sistema Parlamentar: História Constitucional e Política. São Paulo: Piratininga, 1933.

CONSTANT, Benjamin. Cours de Politique Constitutionnelle. Paris: Sirey, 1861.

COSTA PORTO, Walter. Prefácio. In: TÁCITO, Caio. Constituições Brasileiras: 1988. Brasília: Senado Federal e Ministério da Ciência e Tecnologia, Centro de Estudos Estratégicos, 2002, v. VII.

CROISAT, Maurice. Le fédéralisme dans les démocraties contemporaines. Paris: Montchrestien, 1992.

DABIN, Jean. L’Activité Étatique. Paris: Sirey, 1954.

DAHL, Robert. A. On democracy. New Haven: Yale University Press, 1998.

DE SANCTIS, Antonio, Frei. Encíclicas e documentos sociais da Rerum Novarum à Octagesima Adveniens. São Paulo: LTr, 1991. v. 1.

DIAMOND, Larry. Facing Up to the Democratic Recession. In: DIAMOND, Larry; PLATTNER, Marc. F. (Ed.) Democracy in Decline? Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2015.

DICEY, Albert V. Introduction to the study of the law of the constitution. Indianapolis: Liberty/Classics, 1982.

DOLHNIKOFF,...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
27 de Janeiro de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1201076339/referencias-bibliograficas-reforma-politica-e-eleicoes-ed-2018