Do Contrato Social: Princípios de Direito Político - Ed. 2014

Capítulo I. A SOBERANIA É INALIENÁVEL - Livro II

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Capítulo I

A soberania é inalienável

A primeira e mais importante consequência dos princípios acima estabelecidos é que a vontade geral apenas pode dirigir as forças do Estado, segundo a finalidade de sua instituição, que é o bem comum: pois, se a oposição dos interesses particulares tornou necessário o estabelecimento das sociedades, é o acordo desses mesmos interesses que o tornou possível. É o que há de comum nessas diferenças de interesses, que forma o vínculo social e, se não houver nenhum ponto no qual todos esses interesses concordem, nenhuma sociedade poderá existir. Portanto, é unicamente nesse interesse comum que a sociedade deve ser governada.

Digo, pois, que a soberania,26 não sendo senão o exercício da vontade geral, não pode jamais alienar-se e que o soberano, que é um ser coletivo, não pode ser representado senão por si mesmo; o poder...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
6 de Dezembro de 2021
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1212797862/capitulo-i-a-soberania-e-inalienavel-livro-ii-do-contrato-social-principios-de-direito-politico-ed-2014