Visual Law - Ed. 2021

7. Visual Law: Como a Experiência do Direito Pode Ser Aprimorada

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

7

Introdução

Na busca constante por inovação, surge mais um tema que vem ganhando destaque internacionalmente nos principais centros da área do Direito: o Legal Design (ou Design de produtos e serviços jurídicos) e o Visual Law.

Quando se fala acerca de Legal Design, aspira-se a uma forma de fazer com que o Direito se torne mais atrativo e simplificado para o indivíduo que não faz parte do mundo jurídico. Trata-se da verdadeira humanização do Direito. As possibilidades do Legal Design vão muito além do Design Thinking e da apresentação visual. Concernem à aplicação do Storytelling 1 , que é a habilidade de contar uma história de maneira envolvente, explorando um enredo elaborado e os seus aspectos relevantes, em que os recursos audiovisuais são utilizados juntamente com as palavras. É possível desenhar novas formas de prestar os serviços jurídicos e entregar a informação da qual o usuário final precisa, no formato mais simples e adequado às suas necessidades.

Já o Visual Law é uma subárea do Legal Design, que emprega elementos visuais para tornar o Direito mais claro e compreensível. A Lei de Hick 2 , também conhecida como Lei de Hick-Hyman, afirma que quanto mais estímulos (ou escolhas) os usuários enfrentam, mais tempo eles levam para tomar uma decisão. Assim, para os profissionais de Visual Law, isso representa um desafio, o que torna imperativo oferecer ao cliente um conjunto de opções mais úteis, simplificando e facilitando o entendimento por parte do receptor da mensagem no momento da tomada de decisões e, consequentemente, reduzindo as possibilidades de frustração. O Visual Law propõe novas formas de comunicação legal.

Vivemos em um mundo no qual cada vez mais a comunicação acontece por meio de imagens, o que também vem impactando a área do Direito. Passamos o dia conectados às telas, e isso tem mudado a forma como nos comunicamos e como escolhemos receber as informações. Não se faz mais necessário utilizar apenas o texto como recurso de linguagem. Um estudo da Universidade Minnesota, por exemplo, identificou que as apresentações com recursos visuais são até 43% mais persuasivas 3 (VOGEL et al, 1986).

Algumas experiências estrangeiras vêm demonstrando que a combinação entre elementos visuais e textuais auxilia na captura psíquica dos julgadores e a contar a história do cliente com maior poder de convencimento e persuasão.

Com o objetivo de construir melhor a lei, o Legal Design e o Visual Law ajudam a sermos melhores advogados, a …

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
24 de Maio de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1250394985/7-visual-law-como-a-experiencia-do-direito-pode-ser-aprimorada-visual-law-ed-2021