Princípios do Registro de Imóveis Brasileiro - Vol. II - Ed. 2020

Referências Bibliográficas

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

ALEXY, Robert. Theorie der Grundrechte, trad. port. da 5ª ed. alemã de Virgílio Afonso da Silva, Teoria Geral dos Direitos Fundamentais. 2ª ed. São Paulo: Malheiros, 2011.

ALMEIDA, Carlos Ferreira de. Publicidade e teoria dos registos. Coimbra: Almedina, 1966.

ALMEIDA, Francisco de Paula Lacerda de. Obrigações. 2. ed. Rio de Janeiro: Revista dos Tribunaes, 1916.

ALVES, José Carlos Moreira. Direito romano. v. 1. 13 ed. Rio de Janeiro: Forense, 2000.

AMARAL, Fabiano Pereira Almeida do. Registro de negócio jurídico anulável. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 83, p. 101-130, jul./dez. de 2017.

ARRUDA ALVIM NETO, José Manuel de; CLÁPIS, Alexandre Laizo; CAMBLER, Everaldo Augusto (coord.). Lei de Registros Publicos comentada: Lei 6.015/73. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2019.

ARRUÑADA, Benito. La contratación de derechos de propiedad: un análisis económico. Madrid: Servicios de Estudios del Colegio de Registradores, 2004. Disponível em < http://www.arrunada.org/Files/Research/%2fARRUNADA%20Contratacion%20de%20derechos%20de%20propiedad%202004.pdf> . Acesso em 30.jul.2019.

_____. Instituciones del intercambio impersonal: teoría y método de los registros públicos. Cizur Menor: Thomson Reuters, 2013.

AUBRY, Charles, & RAU, Charles-Fréderic. Cours de Droit Civil Français. v. 2, 5ª ed., Paris, Marchal et Billard, 1897.

ÁVILA, Humberto. Teoria da segurança jurídica. 5. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Malheiros, 2019.

AZEVEDO, Antonio Junqueira de. Negócio Jurídico: Existência, Validade e Eficácia. 4ª ed. São Paulo: Saraiva, 2013.

AZEVEDO, Philadelpho. Registro de Imoveis: valor da transcrição. Rio de Janeiro: Livraria Jacintho Editora, 1942.

_____. Registro de Imóveis (Valor da Transcrição), disponível em https://arisp.files.wordpress.com/2008/06/valor-da-transcricao-philadelpho.pdf , acesso em 04/03/2020.

BALBINO FILHO, Nicolau. Direito imobiliário registral. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2012.

BARBOSA FILHO, Marcelo Fortes. O registro de imóveis, os títulos judiciais e as ordens judiciais. In: PÉREZ, Diego Selhane (coord.). Títulos judiciais e o registro de imóveis. Rio de Janeiro: Instituto de Registro Imobiliário do Brasil, 2005. p. 223-233.

BATALHA, Wilson de Souza Campos. Comentários à lei de registros publicos: Lei nº 6.015, de 31 de dezembro de 1973. v. 1. 2. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Forense, 1979.

BERTHE, Marcelo Martins. Títulos judiciais e o registro imobiliário. In: PÉREZ, Diego Selhane (coord.). Títulos judiciais e o registro de imóveis. Rio de Janeiro: Instituto de Registro Imobiliário do Brasil, 2005. p. 461-475.

BEVILAQUA, Clovis. Código Civil dos Estados Unidos do Brasil. v. 1. ed. histórica. Rio de Janeiro: Ed. Rio, 1980.

_____. Código Civil dos Estados Unidos do Brasil comentado. v. 3. 5ª ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1938.

BONA, Avelino de. Títulos judiciais no registro de imóveis. Porto Alegre: Sagra-DC, Luzzatto, 1996.

BRANDELLI, Leonardo. Abstração e causalidade entre o plano real e o obrigacional e as espécies registrais imobiliárias. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 79, p. 85-124, jul./dez. de 2015.

_____. Teoria Geral do Direito Notarial. 3ª ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

_____. Registro de Imóveis: eficácia material. Rio de Janeiro: Forense, 2016.

CAHALI, Yussef Said. Divórcio e Separação. 11ª ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2005.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Direito constitucional e teoria da Constituição. 7. ed. 20. reimp. Coimbra: Almedina, 2003.

CARVALHO, Afrânio de. Registro de imóveis: comentários ao sistema de registro em face da Lei nº 6.015, de 1973, com as alterações da Lei nº 6.216, de 1975, Lei nº 8.009, de 1990, e Lei nº 8.935, de 18.11.1994. 4. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Forense, 1998.

_____. Registro de imóveis, 2ª ed., Rio de Janeiro: Forense, 1977.

_____. A matrícula no registro de imóveis. Doutrinas Essenciais: Direito Registral, org. Ricardo DIP, Sérgio Jacomino, v. 2, São Paulo, RT.

_____. As águas interiores no registro de imóveis. Doutrinas Essenciais: Direito Registral, org. Ricardo DIP, Sérgio Jacomino, v. 2, São Paulo, RT.

_____. Unicidade da matrícula e divisão interna do imóvel. Revista de Direito Imobiliário nº 7, janeiro-junho de 1981.

CENEVIVA, Walter. Lei dos notários e dos registradores comentada: lei n. 8.935/94. 8. ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2010.

_____. Lei dos Registros Publicos comentada. 20 ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

CHICO Y ORTIZ, Jose Maria; CABALEIRO, Eugenio Fernandez; HERNANDEZ, Vicente Agero. Manual del Registro de la Propiedad. Madrid: Marcial Pons, 1966.

CHICO Y ORTIZ, José Maria. Calificación jurídica: conceptos básicos y formularios registrales. Madri: Marcial Pons, 1987.

COASE, Ronald Harry. A firma, o mercado e o direito. 2. ed. trad. por Heloisa Gonçalves Barbosa. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2017.

CORNEJO, Américo Atilio. Derecho registral. Buenos Aires: Astrea, 1994.

COSTA, Mário Júlio de Almeida. Direito das obrigações. 12. ed. rev. e atual. 3 reimp. Coimbra: Almedina, 2014.

COSTA JUNIOR, Francisco José de Almeida Prado Ferraz. Hermenêutica Registral. Revista de Direito Imobiliário 70 (2011).

COUTO, Marcelo de Rezende Campos Marinho. A Lei 13.097/2015 e o princípio da concentração na matrícula. Disponível em < https://corimg.org/files/obra/A-LEI-13097-E-O-PRINCI-PIO-DA-CONCENTRAC-A-O-NA-MATRI-CULA.pdf> . Acesso em 17.mar.2020.

COUTO E SILVA, Clóvis V. do. A obrigação como processo. 6. reimp. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

DÍEZ-PICAZO, Luis. Fundamentos del derecho civil patrimonial: Las relaciones jurídico-reales. El registro de la propiedad. La posesión. v. 3. 5. ed. Navarra: Aranzadi, 2008.

DINIZ, Maria Helena. Sistemas de registros de imóveis. 11. ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

DIP, Ricardo. Registro de Imóveis: princípios. t. 1. Descalvado: Primvs, 2017.

_____. Registro de Imóveis: princípios. t. 2. Descalvado: Primus, 2018.

_____. Registro de Imóveis: princípios. t. 3. São Paulo: Lepanto, 2019.

_____. Sobre a qualificação no registro de imóveis. In:Registro de Imóveis: vários estudos. Porto Alegre: Sérgio Antonio Fabris Editor, 2005. p. 153-222.

_____. Do controle da disponibilidade no parcelamento do solo.In: Direito Imobiliário: coletânea I. São Paulo: Instituto de Ciências Aplicadas, 1989.

ERPEN, Décio Antônio; PAIVA, João Pedro Lamana. A autonomia registral e o princípio da concentração. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 49, p. 46-52, jul./dez. de 2000.

FIORANELLI, Ademar. Direito registral imobiliário. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris Editor, 2001.

_____. A cindibilidade dos Títulos. Exemplos práticos. In Tânia Mara AHUALLI; Marcelo BENACCHIO (coords.), Direito Notarial e Registral: Homenagem às Varas de Registros Públicos da Comarca de São Paulo. São Paulo: Quartier Latin, 2016.

GARCÍA, Lorenzo García. La nota de calificación. Madri: J. San José S.A., 2008.

GOMES, Orlando. Direitos reais. 19. ed. rev., atual. e aum. por Luiz Edson Fachin. Rio de Janeiro: Forense, 2008.

_____.. Contratos. 18ª ed. Rio de Janeiro: Forense, 1998.

_____. A Multipropriedade. Revista do Advogado nº 18, 1985.

GONZÁLEZ, Fernando P. Méndez. A função econômica da publicidade registral. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 55, p. 133-159, jul./dez. de 2003.

GONZÁLEZ-VALLINAS, Rafael Calvo. Revisión del principio hipotecário de legalidad. Madri: J. San José S.A., 2012.

GUIMARÃES, Roberto Élito dos Reis. Georreferenciamento de imóveis rurais: aspectos legais, sociais e econômicos. Revista de Direito Imobiliário 65 (julho-dezembro de 2008).

HEDEMANN, J. W. Tratado de derecho civil: derechos reales. v. 2. trad. por Jose Luis Diez Pastor e Manuel Gonzalez Enriquez. Madrid: Editorial Revista de Derecho Privado, 1955.

JARDIM, Mónica. Registo Imobiliário Constitutivo ou Registo Imobiliário Declarativo/Consolidativo? Qual deles oferece maior segurança aos terceiros? In:Escritos de Direito Notarial de Direito Registal. Coimbra: Almedina, 2017. p. 69-89.

_____. A delimitação de Jurisdição, Territorial e na Matéria – Reflexos nos Efeitos Registais. In:Escritos de Direito Notarial de Direito Registal. Coimbra: Almedina, 2017. p. 159-180.

_____. O sistema registal germânico. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 59, p. 213-238, jul./dez. de 2005.

_____. O sistema registal espanhol e os efeitos substantivos gerados pelo registo – A perspectiva de uma portuguesa. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 75, p. 221-274, jul./dez. de 2013.

_____. Os efeitos jurídico-substantivos gerados pelo sistema registal alemão. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 84, p. 615-642, jan./jun. de 2018.

LACRUZ BERDEJO, José Luis; REBULLIDA, Francisco de Asís Sancho; SERRANO, Agustín Luna; ECHEVERRÍA, Jesús Delgado; HERNÁNDEZ, Francisco Rivero; ALBESA, Joaquín Rams. Elementos de derecho civil: derecho inmobiliario registral. v. 3. 2. ed. rev. e atual. Madrid: Dykinson, 2003.

LAGO, Ivan Jacopetti do. O atendimento prioritário da Lei Federal 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência) e o princípio da prioridade do registro de imóveis. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 80, p. 293-318, jan./jun. de 2016.

_____. A Lei 13.097 de 2015 e sua contribuição para a governança fundiária. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 81, p. 155-184, jul./dez. de 2016.

LIMA, Ary José de; CHICUTA, Kioitsi; JACOMINO, Sérgio. Alguns aspectos da qualificação registrária no registro de parcelamento do solo urbano e o Código de Defesa do Consumidor. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 41, p. 5-36, mai./ago. de 1997.

LOUREIRO, Luiz Guilherme. Registros Públicos: teoria e prática. 10 ed. rev., atual. e ampl. Salvador: Editora JusPodivm, 2019.

LUÑO, Antonio-Enrique Pérez. La seguridad jurídica: una garantía del derecho y la justicia. Boletín de la Facultad de Derecho, n. 15, p. 25-38, 2000.

MANKIW, N. Gregory. Introdução à economia. 4. ed. trad. por Allan Vidigal Hastings; Elisete Paes e Lima; Ez2 Translate; Priscilla Rodrigues da Silva e Lopes. São Paulo: Cengage, 2020.

MARCHI, Eduardo César Silveira. Direito de laje: da admissão ampla da propriedade superficiária no Brasil. São Paulo: YK Editora, 2018.

MARKY, Thomas. Curso elementar de direito romano. 9 ed. rev., atual. e compl. por Eduardo C. Silveira Marchi, Dárcio R. M. Rodrigues, Bernardo B. Queiroz de Moraes e Hélcio M. F. Madeira. São Paulo: YK Editora, 2019.

MARTINS, Sergio Ávila Doria. A anulabilidade e o Registro de Imóveis. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 73, p. 187-208, jul./dez. de 2012.

MELLO, Marcos Bernardes de. Teoria do fato jurídico: plano da existência. 19. ed. São Paulo: Saraiva, 2013.

MELO, Marcelo Augusto Santana de. O Registro de Imóveis e o princípio da fé-pública registral. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 63, p. 53-81, jul./dez. de 2007.

_____. Teoria geral do registro de imóveis: estrutura e função. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris Editor, 2016.

MELO FREIRE, Paschoal José. Institutiones Juris Civilis Lusitani cum publici tum privati. De jure rerum, volume 3. Conimbricae, Typographia Academico-Regia, 1828.

MENDES, Isabel Pereira. A publicidade registral imobiliária como factor de segurança jurídica. In:Estudos sobre Registo Predial. Coimbra: Almedina, 2003. p. 9-56.

MEZZARI, Mario Pazutti. Condomínio e incorporação no registro de imóveis. 3. ed. Porto Alegre: Norton Editor, 2010.

MONTEIRO, Washington de Barros. Curso de Direito Civil: Parte Geral. 6ª ed. São Paulo: Saraiva, 1968.

_____. Curso de Direito Civil v.2: Direito de Família. 33ª ed. São Paulo: Saraiva, 1996.

MONTES, Angel Cristóbal. Direito imobiliário registral. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris Editor, 2005.

NONATO, Orosimbo. Curso de obrigações: generalidades, espécies. v. 1, parte 1. Rio de Janeiro: Forense, 1959.

NORONHA, Fernando. Direito das obrigações. 4. ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2013.

NORTH, Douglass C. Instituições, mudança institucional e desempenho econômico. Trad. por Alexandre Morales. São Paulo: Três Estrelas, 2018.

NUSSBAUM, Arthur. Tratado de derecho hipotecário alemán. trad. por W. Roces. Madrid: Imprenta Helénica, 1929.

ORLANDI NETO, Narciso. Retificação do registro de imóveis. São Paulo: Editora Oliveira Mendes, 1997.

PASSARELLI, Luciano Lopes. As retificações no registro de imóveis. Porto Alegre: Sérgio Antonio Fabris, 2008.

_____. Teoria Geral da Certidão Registral Imobiliária. São Paulo: Quinta Editorial, 2010.

PASSOS, Josué Modesto. Aspectos da cisão do título formal nos julgados do Conselho Superior da Magistratura de São Paulo. In: Arisp Jus, edição setembro-dezembro de 2016.

_____. A arrematação no registro de imóveis: Continuidade do registro e natureza da aquisição. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014.

PLANIOL, Marcel. Traité Élémentaire de Droit Civil. revisto e completado por Georges RIPERT, com a colaboração de Jean BOULANGER, v. 1, 4ª ed., Paris, Librairie Genérale de droit et de Jurisprudence, 1948.

PEREIRA, Caio Mário da Silva. Instituições de direito civil: direitos reais. v. 4. 21. ed. rev. e atual. por Carlos Edison do Rêgo Monteiro Filho. Rio de Janeiro: Forense, 2012.

PEREIRA, Lafayette Rodrigues. Direito das Cousas. 2ª ed., Rio de Janeiro: Jacintho Ribeiro dos Santos.

PONTES DE MIRANDA, Francisco Cavalcanti. Tratado de direito privado. v. 11. Campinas: Bookseller, 2001.

_____. Tratado de Direito Privado, tomo XI. 3ª ed., Rio de Janeiro, Borsoi, 1971.

_____. Tratado de Direito Privado, tomo IV. 3ª ed., Rio de Janeiro: Borsoi, 1970.

_____. Tratado de direito privado. t. XXII. Rio de Janeiro: Borsoi, 1958.

_____. Tratado de direito privado. t. XXXVIII. 2. ed. Rio de Janeiro: Borsoi, 1962.

REZENDE, Raquel Vieira Abrão. A Sistemática Registral Imobiliária sob a Perspectiva do Princípio da Publicidade Registral. Revista de Direito Imobiliário 81 (2017).

RIBEIRO, Luís Paulo Aliende. Regulação da Função Pública Notarial e de Registro. São Paulo: Saraiva, 2009.

RICHTER, Luiz Egon. O Princípio da Concentração no Registro de Imóveis e os títulos não previstos na Lei de Registros Publicos. Boletim do IRIB em revista, São Paulo, v. 347, abr. 2013, p. 10-19.

ROCA SASTRE, Ramon Maria. Derecho hipotecario: registro de la propiedad. t. 1. Barcelona: Bosch, 1948.

RODRIGUES, Everton Luiz Martins. A qualificação registral imobiliária diante de cláusulas abusivas apostas em negócios jurídicos submetidos a registro. In: BRANDELLI, Leonardo (coord.). Direito civil e registro de imóveis. São Paulo: Método, 2007. p. 69-79.

RODRIGUES, Sílvio. Direito Civil: Direito das Coisas, v. 5. 28ª ed.. São Paulo: Saraiva, 2006.

SALLES, Venicio. Direito registral imobiliário. 3. ed., rev., atual. e ampl. São Paulo: Saraiva, 2012.

SANTOS, Flauzilino Araújo dos. Algumas linhas sobre a prenotação. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 43, p. 61-70, jan./abr. de 1998.

_____. Condomínios e incorporações no registro de imóveis: teoria e prática. São Paulo: Editora Mirante, 2012.

_____. Princípio da legalidade e registro de imóveis. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 60, p. 307-330, jan./jun. de 2006.

_____. Sobre a qualificação de títulos judiciais no Brasil. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 56, p. 175-191, jan./jun. de 2004.

SARMENTO FILHO, Eduardo Sócrates Castanheira. Direito registral imobiliário: teoria geral. v. 1. Curitiba: Juruá, 2017.

_____. Direito registral imobiliário. Curitiba: Juruá Editora, 2013.

_____. As cláusulas abusivas e os limites da qualificação registral. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 80, p. 35-54, jan./jun. de 2016.

SERPA LOPES, Miguel Maria. Tratado dos Registros Públicos. v. 1. 4ª ed., Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1960.

_____. Tratado dos registos públicos. v. 2. 4. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1960.

_____. Tratado dos Registros Públicos. v. 4, 3ª ed., Rio de Janeiro, Freitas Bastos, 1957.

_____. Tratado dos registos públicos. v. 4. 4ª ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1960.

_____. Tratado dos Registros Públicos, v. 3. 3ª ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1955.

SILVA, Ulysses da. Direito imobiliário: o registro de imóveis e suas atribuições: a nova caminhada. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris Ed., 2008.

SIMÃO, José Fernando. Prescrição e decadência: início dos prazos. São Paulo: Atlas, 2013.

SORIANO NETO. Publicidade Material do Registro Immobiliario (effeitos da transcripção). Recife, 1940.

TAKEDA, George. Princípio da eficiência em face da segurança jurídica no Serviço Notarial e Registral. In: AHUALLI, Tânia Mara; BENACCHIO, Marcelo (coord.); SANTOS, Queila Rocha Carmona dos (org.). Direito Notarial e Registral: Homenagem às Varas de Registros Públicos da Comarca de São Paulo. São Paulo: Quartier Latin, 2016. p. 105-118.

TEPEDINO, Gustavo. Multipropriedade imobiliária. São Paulo: Saraiva, 1993.

TERRA, Marcelo. A fé pública registral. Revista de Direito Imobiliário, São Paulo, v. 26, p. 36-56, jul./dez. de 1990.

VARELA, Antunes. Das obrigações em geral. v. 1. 9. ed. rev. e atual. Coimbra: Almedina, 1998.

WOLFF, Martin. Derecho de cosas. In: ENNECCERUS, Ludwig; KIPP, Theodor; WOLFF, Martin. Tratado de derecho civil. t. 3. v. 1. 2. ed. Trad. por Blas Pérez González e José Alguer. Atual. por José Puig Brutau. Barcelona: Bosch, 1951.

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
23 de Maio de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1250395714/referencias-bibliograficas-principios-do-registro-de-imoveis-brasileiro-vol-ii-ed-2020