Lei de Recuperação de Empresas e Falência: Lei 11.101/2005 - Comentada Artigo por Artigo

Lei de Recuperação de Empresas e Falência: Lei 11.101/2005 - Comentada Artigo por Artigo

Referências Bibliográficas

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

ABADE, Denise Neves. Direitos fundamentais na cooperação jurídica internacional: extradição, assistência jurídica, execução de sentença estrangeira, transferência de presos. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2013.

ABRÃO, Nelson. O novo direito falimentar. São Paulo: Ed. RT, 1985.

ADAMEK, Marcelo Vieira von et al. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2005.

ALMEIDA, Marcus Elidius Michelli de. Temas de Direito da Insolvência – Estudos em homenagem ao Professor Manoel Justino Bezerra Filho. São Paulo: Editora IASP, 2017.

ALVES, Luís Fernando Giacon Lessa. Correspondência recebida do aluno da pós-graduação da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie. São Paulo: 2006.

AMARAL, Antônio Carlos Rodrigues do et al. Empresas familiares brasileiras – Perfil e perspectivas. São Paulo: Negócio, 1999.

ANDRADE, Ronaldo Alves de et al. Comentários à nova Lei de Recuperação de Empresas e de Falências. São Paulo: Quartier Latin, 2005.

ANGEL, C. C. M. Estudios de Filosofía del Derecho Internacional Privado: Fundación para las investigaciones jurídicas. 1. ed. Rosário: Lexis Nexis. Abeledo Perrot, 1997.

ASSUMPÇÃO, A. F. D; ROCHA, R. V. D. F. Insolvência Transnacional e Direito Falimentar Brasileiro. Revista EMERJ, Rio de Janeiro, v. 19, n. 74, p. 20, set./2016. Disponível em: < https://www.emerj.tjrj.jus.br/revistaemerj_online/edicoes/revista74/revista74.pdf> . Acesso em: 27 de fev. de 2021.

BARBOSA FILHO, Marcelo Fortes. Código Civil Comentado. Coord. de Cezar Peluso. 8. ed. Barueri: Editora Manole, 2014.

BARRETO FILHO, Oscar. Teoria do estabelecimento comercial. São Paulo: Max Limonad, 1969.

BARROS NETO, Geraldo Fonseca. Aspectos processuais da recuperação judicial. Florianópolis: Conceito Editorial, 2014.

BASTOS, Joel Luiz Thomaz. 10 Anos da LREF; Reflexões sobre a reestruturação empresarial no Brasil. Coord de Luis Vasco Elias. São Paulo: Ed. Quartier Latin, 2015.

BDINE JR., Hamid Charaf. Código Civil Comentado. Coord. de Cezar Peluso, 8. ed. Barueri: Editora Manole, 2014.

BEDAQUE, José Roberto dos Santos. Direito e processo: influência do direito material sobre o processo. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2001.

______. Garantia da amplitude de produção probatória. In: CRUZ E TUCCI, José Rogério (org.). Garantias constitucionais do processo civil. São Paulo: Ed. RT, 1999.

BERALDO, Maria Carolina Silveira. Direito processual intertemporal e a incidência da Lei 11.232/05. Monografia do curso de especialização em Direito Processual Civil, São Paulo, PUC, 2006.

BERGER, Dora. A insolvência no Brasil e na Alemanha. Porto Alegre: Fabris, 2001.

BERGER, Dora. Insolvência Internacional. 1. ed. Porto Alegre: Sérgio Antônio Fabris, 2010.

BERNIER, Joice Ruiz. Administrador Judicial na recuperação judicial e na falência. São Paulo: Ed. Quartier Latin do Brasil, 2016.

BEZERRA, Adriano Ribeiro Lyra. A verificação e a habilitação de créditos na recuperação judicial e na falência. Revista da AASP. n. 83. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, set. 2005.

BEZERRA FILHO, Manoel Justino. Dissolução, liquidação e extinção da sociedade empresária à luz da legislação civil e falimentar. In: ADAMEK, Marcelo Vieira Von (coord.). Temas de direito societário e empresarial contemporâneos. São Paulo: Malheiros Editores, 2011.

______. Exame crítico do projeto da Lei de Falencias – “Recuperação de empresa” ou “recuperação do crédito bancário”. Revista dos Tribunais. vol. 822. p. 128-140. São Paulo: Ed. RT, abr. 2004.

______. A execução extrajudicial do contrato de alienação fiduciária de bem imóvel – Exame crítico da Lei 9.514, de 20.11.1997. Revista dos Tribunais. vol. 819. p. 65-76. São Paulo: Ed. RT, jan. 2004.

______. Da fidúcia à securitização: as garantias dos negócios empresariais e o afastamento da jurisdição. Dissertação de doutorado, São Paulo, USP, 2006.

______. Requerimento de falência – Indeferimento da petição inicial ante o pequeno valor do débito. Revista dos Tribunais. vol. 793. p. 103-113. São Paulo: Ed. RT, nov. 2001.

______. A restituição ao banco do valor do adiantamento efetuado em contrato de câmbio para exportação, em caso de falência ou concordata do exportador – Exame da Súmula 133 do Superior Tribunal de Justiça. Revista dos Tribunais. vol. 765. p. 115-122. São Paulo: Ed. RT, jul. 1999.

______. Súmulas do STJ comentadas. São Paulo: Ed. RT, 2003.

______. Tratado de Direito Empresarial. Vol. V. Coord. de Modesto Carvalhosa. São Paulo: Ed. Revista dos Tribunais, 2016.

BORGES, João Eunápio. Curso de direito comercial terrestre. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1969.

BOTTESINI, Maury Ângelo et al. Lei de Execução Fiscal comentada e anotada. 4. ed. São Paulo: Ed. RT, 2002.

BRAGANÇA, Gabriel José de Orleans e. Administrador judicial: transparência no processo de recuperação judicial. São Paulo: Ed. Quartier Latin do Brasil, 2017.

BRUSCATO, Wilges. Manual de direito empresarial brasileiro. São Paulo: Saraiva, 2011.

BULGARELLI, Waldírio. Sociedades comerciais. 8. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

______. Tratado das provas cíveis. São Paulo: Juarez de Oliveira, 2000.

BURGARELLI, Aclibes. Direito Comercial – Falência. 2. ed. São Paulo: Rideel, 2007.

CAHALI, Yussef Said. Prescrição e decadência. São Paulo: Ed. RT, 2008.

CALAMANDREI, Piero. Istituzioni di diritto processuale civile. 2. ed. Pádua: Cedam, 1943.

CALÇAS, Manoel de Queiroz Pereira. Da ineficácia e da revogação dos atos praticados antes da falência. Revista da AASP. n. 83. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, set. 2005.

______. Novação Recuperacional. Revista da AASP. n. 105. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, set. 2009.

______. Revista de Direito Bancário e do Mercado de Capitais. ano 10, n. 36. abril-jun. São Paulo: Ed. RT, 2007.

CAMPI, Ana Cristina Baptista. Vol. 1. Coord. de Daniel Carnio Costa. Curitiba: Juruá Editora, 2015.

CAMPINHO, Sérgio. Falência e recuperação de empresa. 5. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2010.

______. ______. 2. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2006.

______. Falência e recuperação de empresa. 7. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2015.

______. Falência e recuperação de empresa: 8. ed. São Paulo, Saraiva, 2017.

CAMPOS FILHO, Moacyr Lobato de. Falência e recuperação. Belo Horizonte: Del Rey, 2007.

CARVALHO DE MENDONÇA, José Xavier. Tratado de direito comercial brasileiro. 5. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1954. vol. 7.

CARVALHOSA, Modesto. Comentários à Lei de Sociedades Anônimas. São Paulo: Saraiva, 1997.

______; EIZIRIK, Nelson. A nova Lei das S/A. São Paulo: Saraiva, 2002.

CASTRO, Carlos Alberto Farracha de. Manual de recuperação de empresas & falências. Curitiba: Juruá Editora, 2013.

CASTRO, Amilcar de. Lições de direito processual civil e direito internacional privado. 1. ed. São Paulo: Editora do Brasil, 2000.

CEREZETTI, Sheila Neder. Revista do Advogado – AASP – nº 131. Coord. de Marcelo Vieira von Adamek. São Paulo: 2016.

CHALHUB, Melhin Namem. Incorporação Imobiliária. 4. ed. São Paulo: Forense, 2017.

______. Alienação Fiduciária. 7ª ed. São Paulo: Edit. Gen/Forense, 2021.

CHIOVENDA, Giuseppe. Instituzioni di diritto processuale civile. Napoli: Jovene, 1940.

COELHO, Fábio Ulhoa. Comentários à nova Lei de Falências e de Recuperação de Empresas. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

______. Curso de direito comercial. São Paulo: Saraiva, 1999. vol. 3.

______. O futuro do direito falimentar: o mercado versus o Poder Judiciário. Revista da Escola Paulista da Magistratura. vol. 2. n. 1. p. 61-69. São Paulo: Escola Paulista da Magistratura, jan.-jun. 2001.

COLOMBO, Giuliano et al. Direito falimentar e a nova Lei de Falências e Recuperação de Empresas. São Paulo: Quartier Latin, 2005.

COMETTI, Marcelo Tadeu. Jornal Carta Forense. São Paulo: edição de fevereiro de 2017.

COMPARATO, Fábio Konder. O poder de controle na sociedade anônima. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1993.

CONVENÇÃO Relativa à Supressão da Exigência da Legalização dos Actos Públicos Estrangeiros. Hague Conference on Private International Law, 1965. Disponível em: < https://www.hcch.net/pt/instruments/conventions/full-text/?cid=41> . Acesso em: 1º de mar. de 2021.

COSTA, Daniel Carnio. Comentários completos à LREF. Vol. 1. Curitiba: Juruá Editores, 2015.

______. Artigo sobre perícia prévia, in Jornal Eletrônico Migalhas, edição de 02.05.2018.

COSTA, Patrícia Barbi et al. Direito falimentar e a nova Lei de Falências e Recuperação de Empresas. São Paulo: Quartier Latin, 2005.

COVELLO, Sérgio Carlos. Contratos bancários. 4. ed. São Paulo: Leud, 2001.

CRETELLA NETO, José. Nova Lei de Falências e Recuperação de Empresas. Rio de Janeiro: Forense, 2005.

DAHRENDORF, Ralf. A lei e a ordem. Brasília: Instituto Tancredo Neves/Fundação Friedrich Neumann, 1987.

DEZEM, Renata Mota Maciel Madeira. A universalidade do juízo da recuperação judicial. São Paulo: Ed. Quartier Latin do Brasil, 2017.

DINAMARCO, Cândido Rangel. Instituições de direito processual civil. São Paulo: Malheiros, 2004. vol. 4.

DINAMARCO, Cândido Rangel. Instituições de Direito Processual Civil. 3. ed. São Paulo: Malheiros, 2003.

______. A reforma da reforma. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2002.

______. Teoria geral do processo. 13. ed. São Paulo: Malheiros, 1997.

FARIA, Ernesto (org.). Dicionário escolar latino-português. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, 1955.

FAZZIO JR., Waldo. Nova Lei de Falência e Recuperação da Empresa. São Paulo: Atlas, 2005.

FERRARA, Francesco. Il falimento. Milão: Giuffrè, 1959.

FIGUEIRA JR., Joel Dias; LOPES, Mauricio Antonio Ribeiro. Comentários à Lei dos Juizados Especiais Civeis e Criminais. São Paulo: Ed. RT, 1995.

FONSECA, Geraldo. Reforma da Lei de Recuperação Judicial e Falência, Comentada e Comparada. Rio de Janeiro: Ed. Gen/Forense, 2021.

FORGIONI, Paula. Análise econômica do direito (AED): paranoia ou mistificação. Revista de Direito Mercantil. vol. 139. p. 256. São Paulo: Malheiros, jul.-set. 2005.

______. A evolução do direito comercial brasileiro: da mercancia ao mercado. São Paulo: Ed. RT, 2009.

______. Os fundamentos do anti-truste. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2005.

FRANÇA, Erasmo Valladão Azevedo e Novaes. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2006.

FREITAS, Jayme Walmer de. Direito criminal na recuperação de empresas e falência – Lei 11.101/2005. Revista dos Tribunais. vol. 838. p. 429-445. São Paulo: Ed. RT, ago. 2005.

FREITAS, Vladimir Passos de. Código Tributário Nacional comentado. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2004.

FRONTINI, Paulo Salvador et al. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. São Paulo: Ed. RT, 2005.

GAGGINI, Fernando Schwarz. Securitização de recebíveis. São Paulo: Leud, 2003.

GALLEA, Felipe Evaristo dos Santos; LIMA, Igor Silva de. 10 Anos da Lei de recuperação de empresas e falências – reflexões sobre a reestruturação empresarial no Brasil. Coord. de José Vasco Elias (Delloite). São Paulo: Edit. Quartier Latin do Brasil, 2015.

GARBI, Carlos Alberto. As garantias reais e fidejussórias na recuperação judicial, de 10.2.2021. Jornal Migalhas, edição de 27.2.2021.

GARDINO, Adriana Valéria Pugliesi. A evolução do tratamento jurídico da empresa em crise no direito brasileiro. Dissertação de mestrado, São Paulo, USP, 2006.

GLADSTON, Mamede. Falência e Recuperação de Empresas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GODOY, Cláudio Luiz Bueno de. Código Civil Comentado. Coord. de Cesar Peluso. 8. ed. Barueri: Ed. Manole, 2014.

GOMES, Orlando. Contratos. 17. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1997.

GOUVEIA, Luis Antonio Sampaio. SALGRETTI, Maria Edith Camargo Ramos. Os vetos e a nova Lei de Falências. São Paulo: Conjur, edição de 2.2.2021.

GRINOVER, Ada Pellegrini et al. Juizados Especiais Criminais. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 1997.

GUYON, Yves. Droit des affaires – Enterprise en difficultés, redressement judiciaire – Faillite. 5. ed. Paris: Econômica, 2003.

HARADA, Kiyoshi. Aspectos tributários da nova Lei de Falências. Curitiba: Juruá, 2005.

HOUAISS, Antônio. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

JARDIM, Afrânio Silva. Os princípios da obrigatoriedade e da indisponibilidade nos Juizados Especiais Criminais. Boletim IBCCrim. n. 48. São Paulo: Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, nov. 1996.

JESUS, Damásio E. de. Lei dos Juizados Especiais Criminais anotada. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2000.

KIRSCHBAUM, Deborah. Cláusula resolutiva expressa por insolvência nos contratos empresariais: uma análise econômico-jurídica. Revista Direito GV. vol. 2. n. 1. São Paulo: FGV, jan.-jun. 2006.

LACERDA, José Cândido Sampaio de. Manual de direito falimentar. 14. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1999.

LAZZARINI, Alexandre Alves. A Lei de Recuperação e Falencias e o direito de família. São Paulo, 2006, no prelo.

______ . As relações familiares e a insolvência empresarial no Brasil. Revista de direito de família e das sucessões. Ano 2, nº 4, abril/junho 2015. São Paulo: Ed. RT, 2015.

LEI Modelo da UNCITRAL sobre Insolvência Transfronteiriça. United Nations Commission On International Trade Law, 1997. Disponível em: < https://uncitral.un.org/en/texts/insolvency/modellaw/cross-border_insolvency> . Acesso em: 27 de fev. de 2021.

LEITE, Harrison Ferreira. O entrave do art. 191-A da Lei Complementar 118/2005 para a concessão da recuperação judicial. In: PEIXOTO, Marcelo Magalhães (coord.). Reflexos tributários da nova Lei de Falências. São Paulo: MP, 2005.

LEONEL, Jayme. Da ação revocatória no direito de falência. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 1951.

LIEBMAN, Enrico Tullio. Manual de direito processual civil. Trad. e notas Cândido Rangel Dinamarco. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1985.

LOBATO, Moacyr. Falência e recuperação. Belo Horizonte: Del Rey, 2007.

LOBO, Jorge. A crise da empresa: a busca de soluções. Revista dos Tribunais, n. 668. p. 35-46. São Paulo: Ed. RT, jun. 1991.

______. Direito concursal. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1998.

______. Direito da empresa em crise (a nova Lei de Recuperação da Empresa). Revista Forense. n. 379. p. 119. Rio de Janeiro: Forense, mai.-jun. de 2005.

______. Da recuperação da empresa no direito comparado. São Paulo: Lumen Juris, 1993.

LUCCA, Newton de et al. Comentários à nova Lei de Recuperação de Empresas e de Falências. São Paulo: Quartier Latin, 2005.

______, Código Civil Comentado. Coord. de Regina Beatriz Tavares da Silva. 6. ed. São Paulo: Ed. Saraiva, 2008.

LUCON, Paulo Henrique dos Santos. Embargos à execução. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2001.

MAMEDE, Gladston. Falência e Recuperação de Empresas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MANCUSO, Rodolfo de Camargo. Recurso extraordinário e recurso especial. 7. ed. São Paulo: Ed. RT, 2001.

MANDEL, Julio Kahan. Nova Lei de Falências e Recuperação de Empresas. São Paulo: Saraiva, 2005.

MANGE, Renato. A nova Lei de Falências e de Recuperação de Empresas. Rio de Janeiro: Forense, 2006.

MARQUES JR., Mário Moraes. O Ministério Público na nova Lei de Falências. Revista dos Tribunais. vol. 837. p. 43-54. São Paulo: Ed. RT, jul. 2005.

MARTIN, Antonio et al. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. São Paulo: Ed. RT, 2005.

MARTINS, Fran. Curso de direito comercial. 23. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1999.

MAZZUOLLI, V. D. O. Curso de direito internacional privado. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2018.

MELLO E SOUZA NETO, João Baptista. Mediação em juízo. São Paulo: Atlas, 2000.

MENDEZ, Joaquin Bisbal. La empresa em crisis y el derecho de quiebras. Bolonia: Real Colegio de España, 1986.

MIGLIARI JR., Arthur. Crimes de recuperação da empresas e de falências. São Paulo: Quartier Latin, 2006.

MIRABETE, Júlio Fabbrini. Processo penal. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1992.

______. Juizados Especiais Criminais. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

MONTESQUIEU. O espírito das leis. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 1992.

MONTGOMERY, Neil et al. Empresas familiares brasileiras – Perfil e perspectivas. São Paulo: Negócio, 1999.

MOREIRA, Alberto Camiña. Tratado de Direito Comercial. Coord. de Fábio Ulhoa Coelho. Ed. Saraiva: São Paulo, 2015.

NEGRÃO, Ricardo. Aspectos objetivos da Lei de Recuperação de Empresas e de Falências. São Paulo: Saraiva, 2005.

______. Manual de direito comercial e de empresa. São Paulo: Saraiva, 2003. vols. 1 e 3.

NETO, G. F. D. B. A Reforma da Lei de Recuperação Judicial e Falências: Comentada e Comparada. 1. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2021.

NERY JR., Nelson; NERY, Rosa Maria de Andrade. Código Civil comentado. 8. ed. São Paulo: Ed. RT, 2011.

______. Leis civis comentadas. São Paulo: Ed. RT, 2006.

______. CPC Comentado. 16ª ed. São Paulo: Ed. RT, 2016.

NUCCI, Guilherme de Souza. Leis penais e processuais penais comentadas. 5. ed. São Paulo: Ed. RT, 2010.

OLIVEIRA, Celso Marcelo de. Comentários à nova Lei de Falências. São Paulo: IOB/Thompson, 2005.

OLIVEIRA FILHO, Paulo Furtado. Temas de Direito da Insolvência – Estudos em homenagem ao Professor Manoel Justino Bezerra Filho. São Paulo: Ed. IASP, 2017.

______. Artigo sobre perícia prévia, in Jornal Eletrônico Mgalhas, edição de 02.05.2018.

______. Artigo sobre perícia prévia, in jornal Valor Econômico, edição de 28.05.2018.

______. Pontos relevantes e controversos da reforma pela Lei 14.112/2020. Indaiatuba: Ed. Foco, 2021.

PACHECO, José da Silva. Processo de falência e concordata. 8. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1998.

______. ______. 11. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2000.

______. Processo de recuperação judicial, extrajudicial e falência. Rio de Janeiro: Forense, 2006.

PAES DE ALMEIDA, Amador. Curso de falência e concordata. 17. ed. São Paulo: Saraiva, 1999.

______. Curso de falência e recuperação de empresa. 21. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

PAJARDI, Piero. Manuale di diritto fallimentare. Milão: Giuffrè, 1969.

PENTEADO, Mauro Rodrigues et al. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. São Paulo: Ed. RT, 2005.

PEREIRA, Ademar. Da classificação dos créditos na nova Lei de Falências. Revista Literária de Direito. ano XI. n. 59. São Paulo: Jurídica Brasileira, 2005.

PEREIRA, José Horácio Cintra G. Dos embargos de terceiros. São Paulo: Atlas, 2002.

PEREIRA FILHO, Jeremias Alves. Artigo. Revista Justiça & Poder. ano II. n. 15. São Paulo: Século Dourado, 2000.

PERIN JUNIOR, Ecio. Curso de direito falimentar e recuperação de empresas. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

PONTES DE MIRANDA, F. C. Tratado de direito privado. 2. ed. Rio de Janeiro: Borsoi, 1963. t. XLII.

______. Tratado de direito privado, atualizado por Manoel Justino Bezerra Filho. São Paulo: Ed. RT, 2012. t. XXVII a XXX.

PROENÇA, José Marcelo Martins et al. Comentários à nova Lei de Falências. São Paulo: Quartier Latin, 2005.

PROVINCIALI, Renzo. Manuale di diritto fallimentare. 5. ed. Milão: Giuffrè, 1969. vol. 1.

PUGLIESI, Adriana Valéria. Direito falimentar e preservação da empresa. São Paulo: Quartier Latin, 2013.

REQUIÃO, Rubens. Curso de direito falimentar. 7. ed. São Paulo: Saraiva, 1974. vol. 2.

______. ______. São Paulo: Saraiva, 1985.

______. ______. 16. ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

RESTIFFE, Paulo Sérgio. Recuperação de empresas. Barueri: Manole, 2008.

RIBEIRO, Benedito Silvério. Tratado de usucapião. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2007. vol. 1.

RIPERT, Georges; ROBLOT, René. Traité de droit commercial. Paris: LGDJ, 2001.

ROQUE, Sebastião José. Direito de recuperação de empresas. São Paulo: Ícone, 2005.

ROSA JR., Luiz Emygdio Franco da. Títulos de crédito. Rio de Janeiro-São Paulo: Renovar, 2000.

SACRAMONE, Marcelo Barbosa. “Cláusula de vencimento antecipado na recuperação judicial” in Revista da AASP nº 131. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, outubro de 2016.

_______ . Comentários à lei de recuperação de empresas e falência. 1ª ed. São Paulo: Saraiva, 2018.

________ .Comentários à lei de recuperação de empresas e falência. 2ª ed. São Paulo: Saraiva, 2021.

SADDI, Jairo. O comitê de credores na nova lei de falências. Revista da AASP. n. 83. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, set. 2005. SALOMÃO FILHO, Calixto. O novo direito societário. São Paulo: Malheiros, 1998.

SALGRETTI, Maria Edith Camargo Ramos. GOUVEIA, Luis Antonio Sampaio. Os vetos e a nova Lei de Falências. São Paulo: Conjur, edição de 2.2.2021.

SALVADOR NETTO, Alamiro Velludo. Legislação penal especial. Coorden. por Gustavo Octaviano Diniz Junqueira e outro. 3. ed. São Paulo: Editora Saraiva, 2010.

SANTOS, Eronides Aparecido Rodrigues dos. Correspondência pessoal trocada com o autor em 28.11.2017.

SANTOS, Paulo Penalva. Temas de Direito da Insolvência – homenagem ao Professor Manoel Justino Bezerra Filho. São Paulo: Ed. IASP, 2017.

SATIRO, Francisco. Revista do Advogado – AASP – nº 131. Coord. de Marcelo Vieira von Adamek. São Paulo: 2016.

SCALZILLI, João Pedro e outros. Recuperação de empresas e falência. São Paulo: Editora Almedina Brasil, 2016.

SILVA, Antonio Paulo C. O. Comentários às disposições penais da Lei de Recuperação de Empresas e Falências. São Paulo: Quartier Latin, 2005.

SIMÃO FILHO, Adalberto. Direito recuperacional, organizado por Nilva M. Leonardi Antônio. São Paulo: Quartier Latin, 2009.

SIMIONATO, Frederico. A disciplina da reorganização da empresa em crise econômica no projeto de lei concursal. Revista de Direito Mercantil. vol. 111. São Paulo: Malheiros, jul.-set. 1998.

SIQUEIRA, Graciano Pinheiro de. Artigo. CDT – Boletim do Centro de Distribuição de Títulos e Documentos de São Paulo. ano I. n. 12. São Paulo: CDT, jan. 2003.

SMANIO, Gianpaolo Poggio. Criminologia e Juizado Especial Criminal. São Paulo: Atlas, 1997.

SOUZA, Marcelo Papaléo de. A nova Lei de Recuperação e Falência e as suas conseqüências no direito e no processo do trabalho. São Paulo: Ed. LTr, 2006.

SOUZA JUNIOR, Francisco Satiro de; PITOMBO, Antônio Sérgio de Moraes. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência – Lei 11.101/2005. São Paulo: Ed. RT, 2005.

STEMBAUM, Arnaldo. Usucapião na falência (trabalho de iniciação científica do aluno, apresentado em junho de 2009, sob orientação do Prof. Manoel Justino Bezerra Filho), à disposição para consulta na Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo.

STRENGER, Irineu. Direito Internacional Privado. 4. ed. São Paulo: LTr, 2000.

SUCCAR, Paulo Egídio Seabra; FARIA, Weslaine Santos. Contratos mercantis. São Paulo: Jurídica Brasileira, 1999.

SZTAJN, Rachel et al. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. São Paulo: Ed. RT, 2005.

______. Teoria jurídica da empresa. São Paulo: Atlas, 2004.

TELLES JR., Goffredo. Filosofia do direito. São Paulo: Max Limonad, s/d. vol. 2.

TEPEDINO, Ricardo. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2005, 2007.

______. ______. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

TOLEDO, Paulo Fernando Campos Salles de. Comentários à Lei de Recuperação de Empresas e Falência. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

______. ______. São Paulo: Saraiva, 2005.

______. O conselho de administração na sociedade anônima. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

______. A disciplina jurídica das empresas em crise no Brasil: sua estrutura institucional. Revista de Direito Mercantil, Industrial, Econômico e Financeiro. n. 122. São Paulo: Malheiros, 2001.

______. A empresa em crise no direito francês e americano. Dissertação de Mestrado, São Paulo, USP, 1987.

______. A reforma da Lei de Falencias e a experiência do direito estrangeiro. Revista do Advogado. n. 82. São Paulo: Associação dos Advogados de São Paulo, [s.d.].

______. Reforma da Lei das Sociedades Anonimas. Rio de Janeiro: Forense, 2002.

TOLENTINO NETO, Francisco. Prática processual penal. São Paulo: Jurídica Brasileira, 2000.

TOURINHO FILHO, Fernando da Costa. Comentários à Lei dos Juizados Especiais Criminais. São Paulo: Saraiva, 2000.

TZIRULNIK, Luiz. Direito falimentar. 7. ed. São Paulo: Ed. RT, 2005.

VALVERDE, Trajano de Miranda. Comentários à Lei de Falencias. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense, 1999. vol. 3.

VASCONCELOS, Ronaldo. Fundamentos do processo falimentar. Dissertação de mestrado, São Paulo, USP, 2007.

VENOSA, Sílvio de Salvo. Manual dos contratos e obrigações unilaterais da vontade. São Paulo: Atlas, 1997.

WAISBERG, Ivo; GORNATI, Gilberto. Direito Bancário, contratos e operações bancárias. São Paulo: Ed. Quartier Latin do Brasil, 2012.

WAISBERG, Ivo. Revista do Advogado – AASP – nº 131. Coord. de Marcelo Vieira von Adamek. São Paulo: 2016.

______. Jornal Valor Econômico, edição de 9.10.2017.

WATANABE, Kazuo. Da cognição no processo civil. São Paulo: Ed. RT, 1987.

ZANINI, Carlos Klein. Comentários à Lei de recuperação de empresas e falência. Coord. de Francisco Satiro de Sousa Jr. e outro. 2. ed. São Paulo: Ed. RT, 2007.

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1300338594/referencias-bibliograficas-lei-de-recuperacao-de-empresas-e-falencia-lei-11101-2005-comentada-artigo-por-artigo