Curso de Direito Agrário - Ed. 2015

1 - Contribuição do empregador rural pessoa física - LXXXIX – A Contribuição Previdenciária de pessoas ligadas à Atividade Rural

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

1. Contribuição do empregador rural pessoa física

Lembra-se, quanto ao empregador pessoa física e ao empregado na atividade rural, que há o chamado Fundo de Assistência e Previdência do Trabalhador Rural (Funrural), ou Contribuição Social Rural, matéria já estudada, que vem a ser uma contribuição social destinada a custear a seguridade geral (INSS), isto é, uma contribuição incidente sobre a comercialização da produção rural destinada à seguridade social. Trata-se de um valor cobrado sobre o resultado bruto da comercialização rural (de 2,1%) e descontado pelo adquirente da produção, no momento da venda. Realiza-se o cálculo sobre as notas fiscais de entrada emitidas pelas empresas adquirentes da produção (usinas, cooperativas, traders, frigoríficos, …

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
20 de Maio de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1302633801/1-contribuicao-do-empregador-rural-pessoa-fisica-lxxxix-a-contribuicao-previdenciaria-de-pessoas-ligadas-a-atividade-rural-curso-de-direito-agrario-ed-2015