Igualdade e Processo: Posições Processuais Equilibradas e Unidade do Direito - Ed. 2015

Referências Bibliográficas

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ABRÃO, Carlos Henrique. Da tramitação processual prioritária. Lei 12.008/09. São Paulo: Atlas, 2012.

ABREU, Rafael Sirangelo de. A igualdade e os negócios processuais. In: CABRAL, Antonio do Passo; NOGUEIRA, Pedro Henrique (coord.). Negócios processuais. Salvador: Juspodivm, 2015.

. A responsabilidade pela fruição da tutela antecipada cassada. In: MITIDIERO, Daniel (coord.). O processo civil no Estado Constitucional. Salvador: JusPodivm, 2012.

ADAMS, Maurice. Precedent versus gravitational force of court decisions in Belgium: between theory, law and facts. In: HONDIUS, Ewoud (coord.). Precedent and the law. Reports to the XVIIth Congress International Academy of Comparative Law. Utrecht, 16-22 July 2006. Bruxelas: Bruylant, 2007.

ALBUQUERQUE, Martim de. Da igualdade. Introdução à jurisprudência. Coimbra: Almedina, 1993.

ALCALÁ ZAMORA Y CASTILLO, Niceto. Liberalismo y autoritarismo en el proceso. Estudios de teoria general e historia del proceso (1945-1972). México: UNAM, 1974. t. II.

ALEXANDER, Larry. Constrained by precedent. Southern California Law Review. vol. 63. n. 1. 1989-1990.

ALEXY, Robert. Teoría de los derechos fundamentales. Trad. Ernesto Garzón Valdés. Madri: Centro de Estudios Constitucionales, 1997.

; PECZENIK, Aleksander. The concept of coherence and its significance for discursive rationality. Ratio Juris. vol. 3. n. 1. 1990.

ALGERO, Mary Garvey. The Sources of Law and the Value of Precedent: a comparative and empirical study of a civil law state in a common law nation. Louisiana Law Review. vol. 65. n. 2. 2005.

ALVES, Francisco Glauber Pessoa. O princípio jurídico da igualdade e o processo civil brasileiro. Rio de Janeiro: Forense, 2003.

ALVES, Maristela da Silva. Princípio da isonomia constitucional. In: OLIVEIRA, Carlos Alberto Alvaro de (coord.). Processo e Constituição. Rio de Janeiro: Forense, 2004.

AMARAL, Guilherme Rizzo. Comentários às alterações do Novo CPC. São Paulo: Ed. RT, 2015.

. Efetividade, segurança, massificação e a proposta de um “incidente de coletivização”. In: ASSIS, Araken de; MOLINARO, Carlos Alberto (coord.). Processo coletivo e outros temas de direito processual. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2011.

AMARAL SANTOS, Moacyr. Primeiras linhas de direito processual civil. 23. ed. São Paulo: Saraiva, 2004. vol. 2.

ANDERLINI, Luca; FELLI, Leonardo; RIBONI, Alessandro. Why stare decisis? Discussion Papers from C.E.P.R.,8266, nov. 2011.

ANDREWS, Neil. English civil procedure. Fundamentals of the new civil justice system. Oxford: Oxford Press, 2003.

. Fundamental principles of civil procedure: order out of chaos. In: KRAMER, X. E.; RHEE, C.H. van (org.). Civil litigation in a globalising world. Hague: Springer, 2012.

. Multi-party proceedings in England. Representative and Group Actions. Duke Journal of Comparative and International Law. vol. 11. 2001.

. The modern civil process. Tubingen: Mohr Siebeck, 2008.

. The new english civil procedure rules (1998). In: RHEE, C. H. van (coord.). European traditions in civil procedure. Antwerp: Intersentia, 2005.

ARENHART, Sérgio Cruz. A tutela coletiva de interesses individuais. Para além da proteção dos interesses individuais homogêneos. São Paulo: Ed. RT, 2013.

; MARINONI, Luiz Guilherme. Curso de processo civil. Processo de conhecimento. 7. ed. São Paulo: Ed. RT, 2009.

; MITIDIERO, Daniel; MARINONI, Luiz Guilherme. Novo Código de Processo Civil comentado. São Paulo: Ed. RT, 2015.

; MITIDIERO, Daniel; MARINONI, Luiz Guilherme. Curso de processo civil. Teoria do processo civil. São Paulo: Ed. RT, 2015. vol. 1.

; MITIDIERO, Daniel; MARINONI, Luiz Guilherme. Curso de processo civil. Tutela dos direitos mediante procedimento comum. São Paulo: RT, 2015. vol. 2. ARRUDA ALVIM WAMBIER, Teresa; DIDIER JR., Fredie; TALAMINI, Eduardo; DANTAS, Bruno (coord.). Breves Comentários ao Novo Código de Processo Civil. São Paulo: Ed. RT, 2015.

ARRUDA ALVIM WAMBIER, Teresa Celina; MEDINA, José Miguel Garcia; WAMBIER, Luiz Rodrigues. A súmula vinculante, vista como meio legítimo para diminuir a sobrecarga de trabalho dos tribunais brasileiros. Revista do Advogado. n. 92. São Paulo: IASP, 2007.

AUSTIN, John. Lectures on jurisprudence; or the philosophy of positive law. Londres: R. Campbell, 1879.

ÁVILA, Humberto. Função da ciência do direito tributário: do formalismo epistemológico ao estruturalismo argumentativo. Revista Direito Tributário Atual. n. 29. São Paulo: Dialética, 2013.

. O que é devido processo legal. Revista de Processo. ano 33. vol. 163. São Paulo: Ed. RT, 2008.

. Repensando o “princípio da supremacia do interesse público sobre o particular”. Revista Trimestral de Direito Público. vol. 24. São Paulo: Malheiros, 1998.

. Segurança jurídica. Entre permanência, mudança e realização no direito tributário. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2012.

. Teoria da igualdade tributária. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2009.

. Teoria dos princípios: da definição à aplicação dos princípios jurídicos. 15. ed. São Paulo: Malheiros, 2014.

AZEM, Guilherme Beaux Nassif. Repercussão geral da questão constitucional no recurso extraordinário. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2009.

BAHIA, Alexandre Melo Franco; THEODORO JR. Humberto; NUNES, Dierle; PEDRON, Flávio Quinaud. Novo CPC. Fundamentos e sistematização. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2015.

BAILEY, S. H.; CHING, J. P. L.; TAYLOR, N. W. The modern english legal system. 5. ed. Londres: Sweet & Maxwell, 2007.

BALEKJIAN, Wahé H. Ratio or axio decidendi. Reason in law. Proceedings of the Conference held in Bologna, 12-15 December 1984. Milano: Giuffrè, 1988. vol. 3.

BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. O conteúdo jurídico do princípio da igualdade. 3. ed. 21. tir. São Paulo: Malheiros, 2012.

BANKOWSKI, Zenon; MACCORMICK, Neil; MARSHALL, Geoffrey. Precedent in the United Kingdom. In: SUMMERS, Robert; MACCORMICK, Neil (ed.). Interpreting precedents. A comparative study. Aldershot: Ashgate Dartmouth, 1997.

; MACCORMICK, Neil; MORAWSKI, Lech; RUIZ MIGUEL, Alfonso. Rationales for precedent. In: SUMMERS, Robert; MACCORMICK, Neil (ed.). Interpreting precedents. A comparative study. Aldershot: Ashgate Dartmouth, 1997.

BARBOSA MOREIRA, José Carlos. Comentários ao Código de Processo Civil. 14. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2008. vol. 5.

. Dimensiones sociales del proceso civil. Temas de direito processual. Quarta série. São Paulo: Saraiva, 1989.

. Em defesa da revisão obrigatória das sentenças contrárias à Fazenda Pública. Temas de direito processual. Nona série. São Paulo: Ed. RT, 2007.

. O direito à assistência jurídica: evolução no ordenamento brasileiro de nosso tempo. Revista da Academia Brasileira de Letras Jurídicas. vol. 6. n. 3. Rio de Janeiro: Renovar, 1992.

. O direito à assistência jurídica: evolução no ordenamento brasileiro de nosso tempo. Temas de direito processual. Quinta série. São Paulo: Saraiva, 1994.

. La igualdad de las partes en el proceso civil. Temas de direito processual. Quarta série. São Paulo: Saraiva, 1989.

. Os poderes do juiz na direção e na instrução do processo. Temas de direito processual. Quarta série. São Paulo: Saraiva, 1989.

. O problema da “divisão de trabalho” entre juiz e partes: aspectos terminológicos. Temas de direito processual. Quarta série. São Paulo: Saraiva, 1989.

. A revolução processual inglesa. Temas de direito processual. Nona série. São Paulo: Saraiva, 2007.

. Sobre a multiplicidade de perspectivas no estudo do processo. Temas de direito processual. Quarta série. São Paulo: Saraiva, 1989.

BARBOSA, Rui. Oração aos moços. São Paulo: Martins Claret, 2004.

BARROSO, Luís Roberto. A igualdade perante a lei: algumas reflexões. Revista de Direito da Procuradoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro. n. 38. Rio de Janeiro, 1986.

. Igualdade perante a lei. Doutrinas essenciais de direitos humanos. São Paulo: Ed. RT, 2011. vol. 2.

BAUR, Fritz. Les garanties fondamentales des parties dans le procès civil en République Fédérale d’Allemagne. In: CAPPELLETTI, Mauro; TALLON, Denis (coord.). Fundamental guarantees of the parties in civil litigation. Milano: Giuffrè, 1973.

BAYLES, Michael. On legal reform: legal stability and legislative questions. In: ROBISON, Wade (coord.). The legal essays of Michael Bayles. Hague: Kluwer Law International, 2002.

. Principles for legal procedure. In: ROBISON, Wade (coord.). The Legal Essays of Michael Bayles. Hague: Kluwer Law International, 2002.

. Principles of law. A normative analysis. Dordrecht: D. Reidel Publishing Company, 1987.

. Procedural justice. Allocating to individuals. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 1990.

BEDAQUE, José Roberto dos Santos. Direito e processo. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2001.

. Poderes instrutórios do juiz. 3. ed. São Paulo: Ed. RT, 2001. BOBBIO, Norberto. Eguaglianza e libertà. Torino: Einaudi, 1995.

. La certezza del diritto è un mitto. Rivista Internazionale di Filosofia del Diritto. anno XXVIII. Serie III. 1951.

BODENHEIMER, Edgar. Jurisprudence. The philosophy and method of the law. Cambridge: Harvard University Press, 1962.

BORGES, José Souto Maior. O contraditório no processo judicial. 2. ed. São Paulo: Malheiros, 2013.

. Princípio da isonomia e sua significação na Constituição de 1988. Revista de Direito Público. n. 93. São Paulo: Ed. RT, 1990.

BORJA, Ana Gerdau de. IX Conferência de Arbitragem Internacional do Rio de Janeiro. Revista de Arbitragem e Mediação. vol. 38. São Paulo: Ed. RT, 2013.

BOTTINI, Pierpaolo Mecanismos de uniformização jurisprudencial e a aplicação da mula vinculante. Revista dos Tribunais. vol. 865. São Paulo: Ed. RT, 2007.

BRANCO, Paulo Gustavo Gonet; MENDES, Gilmar Ferreira; COELHO, Inocêncio Mártires. Curso de direito constitucional. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

BRENNER, Saul; SPAETH, Harold. Stare indecisis. The alteration of precedent on the Supreme Court, 1946-1992. Cambridge: Cambridge University Press, 1995.

BROWNE, Kevin; O’HARE, John. Civil Litigation. 10. ed. Londres: Sweet & Maxwell, 2001. BUENO, Cassio Scarpinella. Curso sistematizado de direito processual civil. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2012. vol. 1.

. Curso sistematizado de direito processual civil. Procedimento comum: ordinário e sumário. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2013. vol. 2, t. I.

BÜLOW, Oskar von. La teoría de las excepciones procesales y los presupuestos procesales. Trad. Miguel Angel Rosa Lichtschein. Buenos Aires: EJEA, 1964.

BUSTAMANTE, Thomas da Rosa de. Teoria do precedente judicial: a justificação e a aplicação de regras jurisprudenciais. São Paulo: Noeses, 2012.

BUZAID, Alfredo. Uniformização da jurisprudência. Revista da Ajuris. vol. 34. Porto Alegre: Ajuris, 1985.

CABALLERO, Alexandre Augusto da Silva. Da relação entre o princípio da isonomia e o contraditório no processo civil. Revista de Processo. vol. 52. São Paulo: Ed. RT, 1988.

CABRAL, Antonio do Passo. Coisa julgada e preclusões dinâmicas. Entre continuidade, mudança e transição de posições processuais estáveis. Salvador: JusPodivm, 2013.

. O contraditório como dever e a boa-fé processual objetiva. Revista de Processo. vol. 126. São Paulo: Ed. RT, 2005.

. Despolarização do processo e “zonas de interesse” sobre a migração entre polos da demanda. Revista da SJRJ. n. 26. Rio de Janeiro, 2009.

. Il principio del contraddittorio come diritto d’influenza e dovere di dibattito. Rivista di Diritto Processuale. anno LX. n. 2. Padova, 2005.

. Imparcialidade e impartialidade: por uma teoria sobre repartição e incompatibilidade de funções nos processos civil e penal. Revista de Processo. vol. 149. São Paulo: Ed. RT, 2007.

. O novo procedimento-modelo (Musterverfahren) alemão: uma alternativa às ações coletivas. Revista de Processo. vol. 147. São Paulo: Ed. RT, 2007.

. Nulidades no processo moderno. Contraditório, proteção da confiança e validade prima facie dos atos processuais. Rio de Janeiro: Forense, 2009.

. A técnica do julgamento-alerta na mudança de jurisprudência consolidada. Revista de Processo. vol. 221. São Paulo: Ed. RT, 2013.

; NOGUEIRA, Pedro Henrique (coord.). Negócios processuais. Salvador: Juspodivm, 2015.

CADIET, Löic; et al. Théorie generale du proces.Paris: PUF, 2010.

CALAMANDREI, Piero. Il processo come giuoco. In: CAPPELLETTI, Mauro (coord). Opere giuridiche. Napoli: Morano, 1965. vol. 1.

CALMON DE PASSOS, José Joaquim. Direito, poder, justiça e processo. Rio de Janeiro: Forense, 1999.

CAMPOS, Francisco. Igualdade de todos perante a lei. Revista de Direito Administrativo. vol. 10. Rio de Janeiro, 1947.

CANARIS, Claus-Wilhem. Pensamento sistemático e conceito de sistema na ciência do Direito. 3. ed. Trad. Trad. António Menezes Cordeiro. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2002.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Direito constitucional e teoria da Constituição. 4. ed. Coimbra: Almedina, 2000.

CAPPELLETTI, Mauro (ed.) Access to Justice. Milano, Alphen aan den Rijn: Giuffrè/Sijthoff, 1978-1979.

(ed.). Access to justice and the welfare state. Alphen aan den Rijn: Sijthoff, 1981.

. Appunti sulla tutela giurisdizionale di interessi collettivi o diffusi. Le azione a tutela di interessi collettivi: Atti del convegno. Padova: Cedam, 1976.

. Ideologie nel diritto processuale. Processo e ideologie. Bologna: Il Mulino, 1969.

. Ideologie nel processo civile. Processo e ideologie. Bologna: Il Mulino, 1969.

. La testimonianza della parte nel sistema dell’oralità: contributo alla teoria della utilizzazione probatoria del sapere dell parti nel processo civile. Milano: Giuffrè, 1962. vol. 1.

. Le grandi tendenze evolutive del processo civile nel diritto comparato. Processo e ideologie. Bologna: Il Mulino, 1969.

. Procédure orale et procédure écrite. Milano: Giuffrè, 1971.

. Processo e ideologie. Bologna: Il Mulino, 1969.

; GARTH, Bryan. Acesso à Justiça. Trad. Ellen Gracie Northfleet. Porto Alegre: Safe, 1988.

; GARTH, Bryant. Access to Justice: the worldwide movement to make rights effective a general report. Access to Justice: a world survey. Milano, Alphen aan den Rijn: Giuffrè, Sijthoff, 1978. vol. 1, t. I.

; GORDLEY, James; JOHNSON JR., Earl. Toward equal justice: a comparative study of legal aid in modern societies. Milano, Nova York: Giuffrè, Oceana, 1975.

; TALLON, Denis (coord.). Fundamental guarantees of the parties in civil litigation. Milano: Giuffrè, 1973.

CARETTI, Paolo. Uguaglianza e diritto comunitario. In: CARTABIA, Marta; VETTOR, Tiziana (coord.). Le ragioni dell’uguaglianza. Atti del VI Convegno della Facoltà di Giurisprudenza Università degli Studi di Milano Bicocca. Milano: Giuffrè, 2009.

CARNEIRO, Paulo César Pinheiro. Acesso à justiça. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2003. CARNELUTTI, Francesco. Diritto e processo. Napoli: Morano, 1958.

. Sistema del diritto processuale civile. Padova: Cedam, 1936. vol. 1.

CAROZZA, Paolo; PICKER, Colin; GLENDON, Mary Ann. Comparative legal traditions. Text, materials and cases on western law. 3. ed. St. Paul: Thomson West, 2007.

CARPES, Artur. Ônus dinâmico da prova. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010. CASTANHEIRA NEVES, Antonio. A distinção entre a questão-de-facto e a questão-de-direito e a competência do Supremo Tribunal de Justiça como Tribunal de “revista”. Digesta. Escritos acerca do direito, do pensamento jurídico, da sua metodologia e outros. Coimbra: Coimbra Ed., 1995. vol. 1.

. O instituto dos “assentos” e a função jurídica dos Supremos Tribunais. Coimbra: Coimbra Ed., 1983.

CERQUEIRA, Marcelo Malheiros. O controle judicial da atuação adequada no processo coletivo e a desnecessária extensão da coisa julgada secundum eventum litis. Revista Brasileira de Direito Processual. vol. 17. n. 66. Uberaba: Vitória Artes Gráficas, abr.-jun. 2009.

CERRI, Augusto. L’eguaglianza nella giurisprudenza della Corte Costituzionale. Esame analitico ed ipotesi ricostruttive. Milano: Giuffrè, 1976.

CHARVET, John. The idea of equality as a substantive principle of society. Political Studies. vol. 17. n. 1. mar. 1969.

CHAYES, Abram. The role of the judge in public law litigation. Harvard Law Review. vol. 89. 1976.

CHEMERINSKY, Erwin. Constitutional law. Principles and policies. 3. ed. New York: Aspen, 2006.

CHIASSONI Pierluigi. Il precedente giudiziale: tre esercizi di disincanto. In: COMANDUCCI, Paolo; GUASTINI, Riccardo (ed.). Analisi e diritto. Torino: Giappichelli, 2005.

. ...

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
18 de Janeiro de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1302634824/referencias-bibliograficas-igualdade-e-processo-posicoes-processuais-equilibradas-e-unidade-do-direito-ed-2015