A Reparação nos Acidentes de Trânsito

A Reparação nos Acidentes de Trânsito

A Reparação nos Acidentes de Trânsito

A Reparação nos Acidentes de Trânsito

7.4.1 Furto ou desapossamento violento de veículos

7.4.1 Furto ou desapossamento violento de veículos

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

7.4.1 Furto ou desapossamento violento de veículos

Em tese, o furto de veículos é considerado como caso fortuito. Se o proprietário não autorizou a circulação e foi diligente na custódia, mas, a despeito de sua vontade, o terceiro, condutor do automóvel, dele se apoderou ilegalmente, este fato do terceiro é causa exoneradora da responsabilidade do proprietário, de acordo com antiga doutrina, representada por Alvino Lima. 8

O guardião de coisa perigosa, “diligente na custódia e que, não obstante, é desapossado da coisa, mediante violência (roubo), não é responsável pelos da- nos que ela venha a produzir após o evento criminoso”. 9

Roubo com o emprego de arma de fogo Força maior Inevitabilidade. A responsabilidade de indenizar, …

Uma experiência inovadora de pesquisa jurídica em doutrina, a um clique e em um só lugar.

No Jusbrasil Doutrina você acessa o acervo da Revista dos Tribunais e busca rapidamente o conteúdo que precisa, dentro de cada obra.

  • 3 acessos grátis às seções de obras.
  • Busca por conteúdo dentro das obras.
Ilustração de computador e livro
jusbrasil.com.br
3 de Julho de 2022
Disponível em: https://thomsonreuters.jusbrasil.com.br/doutrina/secao/1306029916/741-furto-ou-desapossamento-violento-de-veiculos-74-caso-fortuito-ou-forca-maior-nos-acidentes-de-transito-a-reparacao-nos-acidentes-de-transito